Bomba: Google teria desistido de montar o seu próprio carro autônomo

Empresa deverá buscar parcerias com montadoras estabelecidas ao invés de desenvolver seus próprios veículos

Avatar

Por Da Redação

13 de dezembro de 2016 às 11:52 - Atualizado há 3 anos

Uma BOMBA atingiu o Vale do Silício nesta terça-feira: aparentemente o Google desistiu de montar o seu próprio carro autônomo. A companhia tem esse plano há bastante tempo, mas teria optado por fazer parcerias com as montadoras ao invés de assumir toda a produção.

A ideia original do Google era montar um carro que não tivesse nem volante ou aceleradores, que fosse completamente autônomo e não tivesse nem como ser controlado por humanos que assim desejassem. Isso era essencial nos planos do Google para que o mercado fosse todo autônomo.

A companhia já tem uma parceria com a Fiat, anunciada em maio, e é ela que deve construir os carros com as tecnologias do Google. A empresa entendeu que construir seus próprios carros era uma atitude impraticável. Discutimos o assunto no Conexão Vale do Silício, nosso programa para tratar de inovação.

As últimas conversas na mídia é de que o Google estaria interessado em montar um serviço de compartilhamento de carros, estilo Uber, já em 2017. Talvez isso seja realizado com o carro de outras montadoras, principalmente para acelerar o desenvolvimento.

A empresa deverá realizar um evento para tratar de carros autônomos ainda essa semana, e talvez clarifique os próximos passos.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!

[php snippet=5]