Agora TODOS os carros da Tesla serão capazes de se dirigirem sozinhos

Da Redação

Por Da Redação

24 de outubro de 2016 às 12:33 - Atualizado há 4 anos

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A Tesla tomou uma atitude corajosa: transformou o hardware que garante a autonomia dos carros elétricas em padrão. Ou seja, TODOS os carros da montadora de agora em diante terão a possibilidade de virar autônomos com o pagamento de uma pequena taxa. É uma das tecnologias mais inovadoras do mundo se tornando padrão!

Embora o software não esteja pronto ainda, o hardware necessário para fazer um carro autônomo já é conhecido há algum tempo. E é isso que a Tesla está colocando: 8 câmeras de 360 graus que veem objetos a mais de 300 metros, 12 sensores de ultra som que determinam objetos no caminho e um radar para ver através de chuva, neblina e poeira.

Até o modelo “popular” da Tesla, o Model 3, terá capacidades de autonomia – desde que se pague a taxa para permitir que os carros assim funcionem. Esse hardware, garante Elon Musk – comandante máximo da companhia – permite a autonomia em nível 5, a mais avançada.

Uma mudança muito importante também é a mudança do hardware de segurança, que está sendo redesenhado para permitir que carros tenham mais segurança em modo autônomo. As velhas funções foram desativadas por conta disso.

“É basicamente um supercomputador dentro de um carro”, disse Musk. Ele destaca que várias dessas câmeras são redundantes entre si, justamente para permitir que o carro nunca fique sem uma funcionando, o que é parte da tecnologia necessária para manutenção do nível cinco.

Contudo, ao contrário do que planejava com carros elétricos, não haverá grande cooperação com outras montadoras que queiram usar a tecnologia da Tesla. “Isso é bem difícil de transformar em um kit”, disse Musk, acabando com a possibilidade de alianças com montadoras tradicionais.

Não deixe de entrar no grupo de discussão do StartSe no Facebook e de inscrever-se na nossa newsletter para receber o melhor de nosso conteúdo!
[php snippet=5]