Como uma simples cafeteria conta exatamente o que é o Vale do Silício

Numa região em que pouco importa que roupa você veste ou que carro você tem, a cafeteria do Evernote reflete os valores realmente importantes no Vale.

Avatar

Por Maurício Benvenutti

17 de setembro de 2015 às 20:02 - Atualizado há 4 anos

SÃO FRANCISCO – A cultura do Evernote reflete bem os valores do Vale do Silício. Isso fica claro para quem conhece o escritório da empresa em Redwood City, uma das cidades desse ecossistema incrível.

Na entrada, a surpresa é a ausência de uma recepção. O que se enxerga é uma cafeteria! Mas não é isso o que importa. O fato é que não existem funcionários integrais contratados para trabalharem especificamente na cafeteria, pois os baristas são os próprios executivos do Evernote!

Cada um deles recebe um treinamento de 4 horas sobre como preparar um bom café. Uma vez treinados, eles são escalados a passarem 1 hora por semana preparando e servindo cafés para os demais funcionários e visitantes.

Meu amigo Luiz Fernando Gomes, da startup Lotebox, esteve lá e foi servido por Jamie Hull, uma das VPs do Evernote. Todos os executivos participam do rodízio, incluindo o presidente.

Pense em quanta cultura é transmitida quando um estagiário é servido pelo seu diretor! Em quanta força isso tem! Em como essa atitude traduz centenas de teorias organizacionais!

Numa região em que pouco importa que roupa você veste ou que carro você tem, esse exemplo reflete muito bem o que realmente é importante no Vale.