Profissionais de RH: Salário só não Basta!

Victor Hugo Bin

Por Victor Hugo Bin

7 de outubro de 2019 às 17:01 - Atualizado há 10 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

Há algum tempo, era fácil para as empresas conseguirem funcionários no mercado.

Você oferecia um salário melhor, benefícios como Vale Refeição mais alto e férias… Depois cabia aos Recursos Humanos entrevistar os candidatos, alinhar com as lideranças o melhor candidato, um disparo de e-mail com “você foi aprovado” e pronto.

E agora, o que mudou?

Na verdade, muita coisa. O perfil do jovem hoje não está nem um pouco a fim de trabalhar na mesma empresa por 10 ou 20 anos.

Muitos menos trabalhar na velha rotina das 9h às 18h, ter que atravessar a cidade para passar o dia inteiro dentro de um escritório ou ser obrigado a usar terno e gravata quando na verdade ele queria mesmo era usar bermuda e camiseta.

Você, provavelmente, já notou essas mudanças no perfil comportamental dos seus colaboradores, principalmente naquele bate papo durante a contratação.

  • Vocês aceitam home office?
  • Posso trabalhar com roupas mais informais?
  • Horário flexível?
  • Posso trazer meu bichinho 1x por semana para o escritório?

O novo profissional já nasceu. São as empresas que ainda estão entendendo a melhor forma de atraí-lo (e mantê-lo) dentro dos escritórios.

Os profissionais Z não se unem a empresas, se unem a grupos para projetos específicos e se adequam a cada nova demanda que recebem. 

São super imediatistas, críticos e não aceitam trabalhar em qualquer negócio. Também querem ter tempo e horário flexíveis para entregarem suas demandas, e sabem que não precisam estar dentro de uma sala das 9h às 18h para fazerem isso.

A cultura e propósito da empresa que os buscam é tão, ou mais importante, que a tarefa que será executada ou o salário a ser pago.

Eles sabem que o mercado está competitivo, eles nunca dizem “sim” sem ponderar todas as propostas que receberam…

E sim, o conhecimento que eles possuem sobre tecnologia e o perfil do mercado é desejado não só por você, mas por várias empresas concorrentes.

As mais bem preparadas estão aprendendo como dar a esses profissionais o que eles precisam para fazerem bem suas funções e crescerem na carreira.

As que ainda estão patinando, bem, podem ter perdido talentos incríveis sem se darem conta disso.

Com uma geração tão exigente e disputada pelos mercados, o que as empresas podem oferecer para atraí-los?

E quais ações o profissional de Recursos Humanos deve começar a agir para retê-los dentro da empresa, mantendo o engajamento e comprometimento desses jovens com a cultura da empresa (muitas vezes criada por líderes de 1 ou 2 gerações anteriores)?

No RH Day, a StartSe confirmou para o evento as principais empresas e profissionais de Recursos Humanos do Brasil para mostrar o que você pode fazer dentro da sua empresa para atrair e não perder esses profissionais para as concorrentes…

Dar a eles um ambiente que una liberdade com responsabilidade e transformar isso em resultados rápidos para as empresas…

Transformar profissionais ‘batedores de metas’ em times verdadeiramente engajados…

E fazer do departamento de Recursos Humanos o principal pólo de inovação da sua companhia.

O evento acontece no dia 29 de outubro em São Paulo, e terá a presença de empresas como Great Place to Work, Nextel, 99, XP Investimentos, Crescimentum, Creditas e muito mais.

Todas elas vão te mostrar as principais práticas que os Novos RHs precisam ter para atrair e desenvolver os profissionais mais disputados do mercado para algo muito além do salário, férias ou vale transporte.

Acesse aqui a página oficial e confira toda a programação e palestrantes confirmados.

E mais: ainda estamos com nosso último lote promocional de ingressos disponível. É a chance de você garantir sua presença no evento pagando mais barato no ingresso.

>>Garanta seu Ingresso com Desconto Aqui