Eu vi de perto o Cemitério do Google: Como seus 161 ‘mortos’ podem ajudar sua empresa em 2019?

Junior Borneli

Por Junior Borneli

18 de abril de 2019 às 17:33 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

Eu não acreditaria se não tivesse visto com meus próprios olhos…

Sempre soube que um dos segredos do Google para se tornar tão valiosa é justamente sua variedade de produtos e serviços.

Mas o que realmente a fez chegar entre as 3 marcas mais valiosas do mundo, avaliada em 120,9 bilhões de dólares em 2018 está justamente enterrada no seu cemitério.

O Cemitério que eu estou falando está disponível na web para quem quiser ver digitando killedbygoogle.com na busca.

Ao todo são 161 projetos mortos entre aplicativos, serviços e hardware.

  • Google+
  • Orkut
  • Encurtador de URL Google
  • Picasa

A lista é grande, e isso é ótimo!

O que o Google ensina aqui é: mais importante do que os projetos que deram certo, são os inúmeros projetos que deram errado para a empresa chegar ao sucesso.

A Alphabet se diferencia de 99% das empresas (principalmente no Brasil) porque ela não tem medo de errar.

O CEO da empresa, Sundar Pichai, possui a mentalidade certa (que muitos chamam de Lean Startup) para a empresa nunca estagnar e sempre testar coisas novas em ambientes super concorridos.

Este modelo é inovador e está brilhando os olhos de executivos e gestores por 3 motivos:

  • Ela funciona para empresas de qualquer negócio e mercado;
  • É um novo tipo de gestão, pensada para ambientes de risco;
  • Ajuda qualquer executivo a desenvolver negócios sustentáveis no longo prazo.

O CEO da StartSe, Pedro Englert, graças à implementação deste modelo de gestão, foi capaz de nos fazer crescer 16x em tamanho e faturamento num curto espaço de tempo.

Ele havia feito isso na Infomoney, o modelo também deu certo aqui na StartSe e em outras 6 empresas que ele gerencia.

Tudo graças ao modelo usado pelo Google e outras empresas do Vale do Silício que o Pedro teve a chance de aprender lá mesmo, no maior pólo de inovação da atualidade.

Estou te contando isso porque o conceito de testar e “matar” projetos rapidamente é apenas 1 dos pilares que o Pedro aprendeu sobre ciência de gestão no Vale do Silício.

E ele explicará o passo a passo desse modelo de gestão e de como ele implementou isso em 7 negócios diferentes e fez todos obterem grandes resultados de crescimento.

Se quiser ter acesso a este treinamento para executivos e gestores gratuitamente, você só precisa se inscrever no botão abaixo que  você já terá acesso à primeira aula deste treinamento.

Quero acessar o treinamento gratuito

Um forte abraço,

Junior Borneli – Fundador da StartSe