Elon Musk quer chegar à Lua em dois anos

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

22 de julho de 2019 às 11:34 - Atualizado há 2 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Antes de conquistar Marte, Elon Musk quer chegar na Lua. Em entrevista à Time, o fundador da empresa de viagens espaciais SpaceX afirmou que espera realizar um pouso na Lua em menos de dois anos. A primeira viagem seria não tripulada. Para levar humanos, adicione um ou dois anos nessa conta.

O timing da declaração de Musk não é uma coincidência. Neste domingo (21), completou 50 anos da chegada do homem à Lua. “Isso realmente me inspirou. Não tenho certeza se a SpaceX existiria se não fosse o Apollo 11”, disse na entrevista.

O empreendedor – que também está à frente da Tesla – planeja utilizar a nave espacial Starship, impulsionada pelo foguete Super Heavy. Ambos estão em fase de testes. No entanto, uma das maiores dificuldades citadas por ele não é exatamente tecnológica.

“Pode ser literalmente mais fácil apenas pousar a Starship na Lua do que tentar convencer a NASA de que conseguimos”, comentou. Para Musk, é um grande esforço convencer engenheiros da NASA sobre as possibilidades da SpaceX, mas que “a única maneira de acabar o ceticismo é fazendo”.

O futuro desenhado por Elon Musk

Este é apenas o começo da exploração espacial idealizada pelo empreendedor sul-africano. Um de seus maiores sonhos – e que planeja realizar com a SpaceX – é colonizar Marte, viabilizando uma vivência “interplanetária” a humanos. Ele já estima até o valor da passagem: inicialmente US$ 500 mil. A NASA também possui planos semelhantes, apresentando até três tipos de moradias adequadas ao planeta vermelho.