E-commerce chinês JD.com inicia entrega de produtos direto no carro do cliente

João Ortega

Por João Ortega

18 de outubro de 2019 às 13:59 - Atualizado há 9 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

A JD Logistics, braço de logística da plataforma de e-commerce chinesa JD.com, permite que usuários escolham seus veículos como destino de entrega de suas compras. Com autorização do dono do carro, o entregador abre o porta-malas e deixa o produto. Neste modelo, não há necessidade de o cliente estar em casa ou em um endereço específico na hora da entrega.

Para que este tipo de entrega seja realizado, o carro precisa estar conectado a uma plataforma de armazenamento na nuvem. O entregador monitora a localização do veículo por um aplicativo, que também permite abrir o porta-malas uma única vez.

Por enquanto, o serviço está disponível apenas para veículos da marca Lynk&Co, que pertence a uma parceria entre a chinesa Geely e a sueca Volvo. No entanto, a JD.com prevê expandir a operação para carros Hyundai, Volkswagen, Nio e Skoda.

A JD.com é a primeira empresa a realizar o serviço do tipo na China, mesmo com grandes concorrentes no e-commerce, como a Alibaba. A entrega direto no carro foi pensada após uma pesquisa com cerca de 2 milhões de clientes, dos quais 31% mostraram uma “forte demanda” pelo serviço.

Entregas sem a necessidade de uma pessoa para recebê-las têm se tornado uma tendência mundial no e-commerce. O Walmart lançou na semana passada um serviço em que o entregador coloca os alimentos direto na geladeira do cliente.