Conheça os 10 países com maior potencial de inovação

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

17 de outubro de 2018 às 13:20 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora
Logo Black Friday 2020

Nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Exemplos de empresas que foram líderes no mercado e hoje quase desapareceram porque foram superadas pela inovação dos concorrentes já não são mais novidade. Você com certeza já ouviu falar dos casos da Kodak e Blockbuster, não? Fato é: a inovação está se tornando parte imprescindível de qualquer negócio, seja para uma empresa tradicional com anos de trajetória ou para startups. Agora, esse fator está se tornando cada vez mais importante para medir o desempenho econômico de países e continentes.

No relatório sobre a competitividade global de 2018, o Fórum Econômico Mundial descreveu a inovação como “um imperativo para todas as economias desenvolvidas e uma prioridade para o crescimento numérico dos países emergentes”. No documento, o órgão descreveu quais são os países com a maior capacidade de inovação do mundo e quem mais está alcançando esse objetivo devido a uma grande dinâmica de negócios.

O Brasil ficou em 40º lugar em capacidade de inovação. Isso se deve ao fato de que, em dinâmica de negócios, o país ficou classificado em 108º lugar. No pilar de dinâmica de negócios, o Fórum Econômico Mundial avaliou requisitos administrativos (como a facilidade em abrir e fechar empresas, por exemplo) e a cultura empreendedora – ou seja, a disposição do empreendedor em assumir riscos e abraçar ideias disruptivas.

O órgão ainda avaliou a habilidade do sistema financeiro brasileiro e o tamanho do mercado. O pilar do sistema financeiro descreve a solidez do sistema bancário, o número de empréstimos inadimplentes e as diferenças entre a necessidade e oferta de crédito, por exemplo. Nesse caso, o sistema financeiro brasileiro foi classificado em 57º lugar.

Já em termos de tamanho do mercado, a notícia é positiva: ficamos posicionados em 10º lugar. Ou seja: possuímos um grande mercado – o maior da América Latina -, o que significa que há muito espaço para inovarmos se acertarmos os outros pilares necessários.

Confira o ranking dos dez países com mais capacidade de inovar:

1º – Alemanha

No ranking do Fórum Econômico Mundial, a Alemanha foi o país classificado em 1º com a maior capacidade de inovação. No entanto, os dados mostram que, apesar do país ter uma grande capacidade de inovar, ele fica em 2º lugar em dinâmica de negócios, atrás dos Estados Unidos. Isso significa que, apesar da capacidade, os efeitos reais de sua inovação podem ser prejudicados devido a requisitos administrativos e a própria cultura empreendedora do país. Já em tamanho de mercado, a Alemanha foi avaliada em 5º lugar, descendo para o 21º lugar do pódio quando seu sistema financeiro é ranqueado.

2º – Estados Unidos

Os Estados Unidos foi o segundo país no ranking em termos de capacidade de inovar, liderando o pódio quando avaliamos suas dinâmicas de negócios. Em tese, as dinâmicas de negócios potencializam sua capacidade de inovar, que não foi considerada a maior do mundo. O país também fica em segundo lugar – atrás da China – quando o Fórum Econômico Mundial avalia o tamanho do mercado, mas recupera novamente a posição de 1º lugar quando seu sistema financeiro é o alvo da análise.

3º – Suíça

No ranking, a Suíça aparece como o 3º país com maior possibilidade de inovação. O país desce uma posição (para o 4º lugar) quando seu sistema financeiro é avaliado, e vai para o 20º lugar quando suas dinâmicas de negócio são pauta. Isso significa que, tal como a Alemanha, a Suíça possui grandes possibilidades, mas esses outros fatores influenciam que fique em terceiro lugar. Já em tamanho de mercado, a Suíça é a 39º colocada.

4º – Taiwan (China)

Taiwan, um país independente da China, figurou o 4º lugar como país com maior capacidade de inovação. Já em termos de dinâmica de negócios, esse número vai para 21º. O país insular é classificado como 20º maior mercado do mundo e classificado em 7º quando seu mercado financeiro é avaliado. Hoje, a China em geral é considerada um dos ecossistemas de inovação mais emergentes do mundo – e você pode conhecê-lo pessoalmente e fazer negócios aqui.

5º – Suécia

A Suécia é avaliada como o 5º país com maior capacidade de inovar do mundo. Quando sua dinâmica de fazer negócios é avaliada, o país sobe um lugar no pódio, figurando em 4º lugar. Já seu sistema financeiro foi avaliado em 6º lugar em todo o mundo, mesmo em um país onde o tamanho do mercado é classificado em 40º lugar.

6º – Japão

O Japão foi o 6º país a aparecer no ranking sobre capacidade de inovação do Fórum Econômico Mundial. Seu sistema financeiro foi avaliado em 10º lugar, apesar do país figurar o 4º lugar como o maior mercado do mundo. Em seu pior lugar do pódio, o país ficou em 14º, quando foi avaliada sua dinâmica de negócios. O Japão é conhecido principalmente por olhar outros mercados, possuindo grandes fundos de investimentos, como o Softbank.

7º – Reino Unido

O Reino Unido mostra-se equilibrado na 7ª posição ao serem avaliados sua capacidade de inovação, dinâmica de negócios e tamanho do mercado. Esse número muda apenas quando seu sistema financeiro é analisado – nesse caso, o país desce uma posição, figurando o 8º lugar.

8º – Coreia do Sul

A Coreia do Sul é o terceiro país asiático que figura o ranking sobre inovação do Fórum Econômico Mundial, localizado em 8º lugar. O mercado do país é avaliado o 14º maior do mundo, enquanto seu sistema financeiro recebe a classificação do 19º lugar. Já sua dinâmica de negócios figura o 22º lugar do pódio.

9º – Holanda

A Holanda figura o 9º lugar em capacidade de inovação, mas surpreende ao ocupar o 3º lugar em dinâmica de negócios. Isso significa que é mais fácil fazer negócios no local e que há grandes chances de empresas se desenvolverem de forma positiva. Seu sistema financeiro figura o 16º lugar, número ligeiramente próximo ao seu tamanho de mercado, avaliado em 21º lugar.

10º – Finlândia

A última colocada do TOP 10 países com maior capacidade de inovação surpreende ao figurar o 3º lugar quando seu sistema financeiro é avaliado. Já em termos de dinâmica de negócios, o país europeu figura o 8º lugar. Esse número desce quando avaliado o ranking de maior tamanho de mercado, no qual a Finlândia ocupa o 61º lugar, segundo o Fórum Econômico Mundial.