Vision Fund planeja colocar US$ 1 bilhão na mais valiosa startup de IA do mundo

A SenseTime, que tem apenas quatro anos de vida, fabrica sistemas de análise facial e imagens em grande escala para contribuir com o vasto sistema de vigilância da China

Avatar

Por Lucas Bicudo

23 de agosto de 2018 às 15:48 - Atualizado há 2 anos

Linx

O Vision Fund está mirando um investimento na casa de US$ 1 bilhão na SenseTime, a mais valiosa startup de Inteligência Artificial do mundo.

Ambas as partes ainda estão finalizando os termos do acordo e os detalhes ainda podem mudar. A empresa já anunciou duas outras rodadas de investimento este ano, que totalizam mais de US$ 1,2 bilhão.

A SenseTime, que tem apenas quatro anos de vida, fabrica sistemas de análise facial e imagens em grande escala. Com isso, contribui para o vasto sistema de vigilância da China e faz parte de uma série de startups locais na vanguarda para tornar o país o líder mundial em IA até 2030.

O SoftBank transformou a China em um dos principais focos do Vision Fund, o massivo fundo de tecnologia avaliado em US$ 100 bilhões. Os setores já apoiados são diversos, como robótica, ride-hailing, comércio eletrônico e semicondutores. O fundo investiu bilhões na gigante chinesa Didi Chuxing e adquiriu uma participação na Zhongan Online P&C Insurance.

A SenseTime se encaixa na visão do fundador do SoftBank, Masayoshi Son, de investir em um futuro dominado por dados e Inteligência Artificial. Sua empresa já gastou US$ 32 bilhões para adquirir a designer de chips ARM Holdings, que ele acredita ser um elemento fundamental no desenvolvimento de IA.

Com o investimento, o SoftBank se juntaria a alguns dos maiores nomes da indústria de tecnologia: a Qualcomm investiu na SenseTime no ano passado, enquanto o Alibaba Group e a Temasek Holdings participaram de uma rodada em abril. A Fidelity International, a Silver Lake e a Tiger Global Management participaram de um investimento em junho, que colocou o valuation da startup na casa dos US$ 4,5 bilhões.

Além do reconhecimento facial e verificação de identidade, a SenseTime está trabalhando com condução autônoma e realidade aumentada.

StartSe de olho na China!

A StartSe traz para São Paulo o China Day Conference, evento completamente focado em discutir pontos como esses com maior profundidade! Se você quer saber ainda mais sobre a China, não deixe de conferir nossa semana de imersão por lá, liderada por Ricardo Geromel.

(via Bloomberg)