Brasileiro Hugo Barra ganha R$ 800 milhões com IPO da Xiaomi

Na última segunda-feira (10), a Xiaomi finalmente abriu seu capital e realizou um IPO na bolsa de valores de Hong Kong

Avatar

Por Lucas Bicudo

13 de julho de 2018 às 14:41 - Atualizado há 2 anos

Hugo Barra

Na última segunda-feira (10), a Xiaomi finalmente abriu seu capital e realizou um IPO na bolsa de valores de Hong Kong. O desempenho na oferta pública não foi como o esperado, mas quem teve motivo para comemorar é o brasileiro Hugo Barra.

Ele se juntou à Xiaomi em 2013, após deixar o projeto do Android, para ser o porta-voz internacional da companhia. No ano passado, saiu da empresa chinesa para comandar a divisão de Realidade Virtual do Facebook.

Mesmo não estando mais por terras orientais, Hugo levantou uma bela bolada com a oferta da companhia: 86,2 milhões de ações. Elas são avaliadas em HK$ 19, o que lhe dá direito a HK$ 1,64 bilhão, ou R$ 807 milhões.

Perda do direito às ações é comum quando há uma saída antes do previsto, mas não foi o que aconteceu com Hugo Barra. Mesmo deixando a companhia, o executivo terá direito ao valor a partir de outubro.

Além de Barra, a empresa honrará as ações de outros dois executivos antigos: um ex-cientista, com direito a 84 milhões de ações; e um ex-diretor de hardware, com direito a 17,5 milhões.

Some as três quantias (junto com a de Barra) e ainda assim não fará cócegas para a 2ª maior startup do mundo, que oferece 22 bilhões de ações.

Baixe já o aplicativo da StartSe

 

App StorePlay Store