Chinesa Bytedance confirma que está produzindo smartphone próprio

João Ortega

Por João Ortega

29 de julho de 2019 às 18:22 - Atualizado há 2 anos

Logo Novo Curso

Transmissão exclusiva: Dia 08 de Março, às 21h

Descubra os elementos secretos que empresas de sucesso estão usando para se libertar do antigo modelo de Gestão Feudal de Negócios.

Inscreva-se agora
Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

A Bytedance está desenvolvendo um smartphone próprio há pelo menos sete meses, e pode lançar o produto no mercado até o fim do ano. A informação foi publicada originalmente pelo portal chinês LatePost.

A possibilidade de a startup entrar no mercado de celulares vem sendo levantada desde o fim do ano passado, após aquisição da fabricante chinesa Smartisan. Em maio, a Bytedance havia anunciado o desenvolvimento de um dispositivo inteligente para fins educacionais. Agora, foi confirmado por um porta-voz que a empresa vai vender um smartphone de marca própria, com o ex-CEO da Smartisan liderando o projeto.

A Bytedance, que é considerada a startup mais valiosa do mundo com valor de mercado de US$ 75 bilhões (avaliação de outubro de 2018), quer acelerar crescimento com a venda de hardware. Até agora, a empresa manteve o foco em aplicativos, como a rede social TikTok e o agregador de conteúdo Jinri Toutiao.

No entanto, os executivos da empresa veem um limite no crescimento da base de usuários dos aplicativos, que já não estão acelerando tanto como no passado. É um desejo do fundador da Bytedance, Zhang Yiming, que smartphones venham com os apps da empresa já instalados.

Até o momento, não há previsões de valor, nome, design ou recursos do smartphone da Bytedance.

Este artigo é uma adaptação do Technode, portal de notícias de tecnologia da China e parceiro de conteúdo da StartSe.