Amazon começa a vender roupas e artigos esportivos no Brasil

Avatar

Por Isabella Câmara

22 de agosto de 2018 às 16:36 - Atualizado há 2 anos

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

A partir desta quarta-feira (22), a Amazon do Brasil passa a vender roupas e artigos esportivos no país, reforçando a lista de produtos que terceiros oferecem no e-commerce. Ou seja, assim como acontece com eletrônicos e outros produtos vendidos no mercado brasileiro da Amazon, com exceção dos livros, os vendedores poderão usar o marketplace para anunciar e vender roupas pela internet, desde de que se responsabilizem totalmente pela entrega da compra.

A varejista disse em um comunicado que vai oferecer mais de 300 mil produtos, que vão desde calçados, malas, óculos, jóias, relógios e outros itens de marcas conhecidas como os chinelos Havaianas, feitos pela Alpargatas, até jeans da Levi’s, bem como algumas grifes de moda do designer brasileiro Reinaldo Lourenço e do Jack Vartanian. Em relação aos artigos esportivos, a Amazon agora começou a incluir produtos da Penalty, Caloi e Fila, bem como artigos da FutFanatics e Kikos, duas das maiores empresas do ramo esportivo no Brasil.

“Nossa equipe trabalhou com as principais marcas nacionais e internacionais para garantir que nossos clientes possam encontrar produtos de suas marcas preferidas, confiar na origem desses itens e contar com a Garantia de A a Z da Amazon para protegê-los em todas as transações feitas em nosso site”, disse Otávio Alves, gerente-geral da Amazon Moda para o Brasil. A garantia citada por Alves diz respeito ao fato de que, apesar das peças serem vendidas por terceiros, todos os produtos de moda e artigos esportivos oferecidos na Amazon contam com a garantia da empresa, que autoriza consumidores a pedirem reembolso caso haja qualquer imprevisto com o que foi comprado.

Atualmente, o total de itens à venda no varejo brasileiro é de 15 milhões, de acordo com informações do UOL, sendo que apenas livros e ebooks são vendidos pela própria Amazon. A expectativa da empresa em solo brasileiro é grande – “estamos bastante animados com o anúncio das lojas de Moda e Esporte no Brasil. Trabalhamos muito para garantir que nosso marketplace tenha um ótimo catálogo em ambas as lojas, atendendo uma gama variada de clientes”, disse o gerente-geral da Amazon.

Além disso, a Amazon, que já revelou sua animação para com o mercado brasileiro, dará descontos de até 70% em alguns produtos especiais das novas categorias. De acordo com o CanalTech, entre os produtos que serão inseridos no site com condições especiais estão itens da Reserva, Sérgio K, World Tennis, Koncept Inline e Life Time Fitness.

Quer saber mais sobre como as grandes empresas estão inovando e o futuro do varejo no Brasil e no mundo? Participe da Varejo Tech Conferenceevento exclusivo da StartSe que acontecerá amanhã. Não perca!