99 irá monitorar o trânsito de Porto Alegre com inteligência artificial

Tainá Freitas

Por Tainá Freitas

16 de outubro de 2019 às 14:52 - Atualizado há 12 meses

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A 99 e a Prefeitura de Porto Alegre anunciaram, em um evento nesta terça-feira (15), uma parceria para o monitoramento do trânsito com inteligência artificial. Através de um mapa de fluidez, o órgão público receberá sugestões do sistema de quando deve alterar o tempo nos semáforos.

Porto Alegre será a primeira cidade fora da China a receber a ferramenta, desenvolvida por engenheiros chineses e brasileiros da 99 em conjunto com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) da cidade. A Didi Chuxing, gigante chinesa que adquiriu a 99 no ano passado, já realiza esse monitoramento em diversas cidades do país asiático.

Para dar sugestões do tempo de semáforos, o mapa de fluidez utiliza o GPS dos motoristas da 99 para calcular a velocidade média nas vias e como tem sido o desempenho dos faróis. “Para a cidade, significa intervenções mais assertivas dos agentes para verificar problemas na fluidez. Além disso, a ferramenta também vai fornecer um histórico on-line para comparar medidas implantadas, como as faixas exclusivas, por exemplo”, explica Augusto Langer, gerente de Inovação da EPTC, em um comunicado.

A iniciativa será adotada até o final deste ano, quando uma equipe da Didi Chuxing visitará a cidade. “Porto Alegre foi uma cidade que se mostrou aberta, tem uma dose de vontade e capacidade institucional para receber a inovação, então firmamos um acordo de cooperação técnica em 2018 que possibilitou o desenvolvimento dessa ferramenta”, conta Miguel Jacob, gerente de Políticas Públicas da 99.