Ucommune, concorrente chinês do WeWork, prepara IPO nos EUA

Startup de espaços de coworking, que foi avaliada em US$ 2,6 bilhões, planeja abrir capital até o final deste ano

0
shares

A Ucommune, startup chinesa de escritórios compartilhados, baseada em Pequim, prepara a sua oferta pública inicial de ações (IPO), na bolsa de valores dos EUA. Mesmo após o recente fiasco do WeWork, seu principal concorrente, a empresa entrou com um pedido no final de setembro às autoridades norte-americanas responsáveis. As informações são da Reuters.

O WeWork registrou um pedido para uma oferta inicial pública de ações (IPO) em abril. Desde então, o modelo de negócio da startup norte-americana foi escrutinado por possíveis investidores, o que resultou na queda livre do valor de mercado, na demissão do CEO e fundador Adam Neumann e, finalmente, na tomada de controle pelo grupo japonês SoftBank.

Ainda assim, a Ucommune acredita que abrir capital nos EUA é a melhor estratégia para crescer neste momento. A startup chinesa está trabalhando com os bancos Citigroup, Credit Suisse e Bank of America para formalizar o pedido pelo IPO.

O objetivo da empresa é que o processo seja concretizado ainda este ano. No entanto, os executivos vão aguardar uma resposta de potenciais investidores para ir em frente com o IPO.

Na última rodada de investimentos, realizada em 2018, a Ucommune foi avaliada em US$ 2,6 bilhões. A startup está presente em 37 países com mais de 200 espaços de trabalho compartilhado. A expectativa é abrir mais 150 coworkings até 2021.

Conheça as duas próximas conferências da StartSe para quem quer redefinir o futuro:

Inteligência Aritificial Conference

Silicon Valley Conference

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários