TikTok abre escritório no Vale do Silício e atrai funcionários do Facebook

Aplicativo da chinesa ByteDance quer aumentar presença no mercado norte-americano e mira pessoal com experiência nas grandes redes sociais do país

0
shares

O TikTok, app de vídeos curtos da startup chinesa ByteDance, está abrindo um escritório no Vale do Silício, nos EUA. Segundo a CNBC, o prédio que sediará a nova equipe da rede social era antes ocupado pelo WhatsApp, aplicativo de mensagens que pertence ao grupo do Facebook. Além disso, a empresa está atraindo funcionários do rival norte-americano com salários elevados.

Assine a newsletter Conexão China e receba conteúdo exclusivo semanal sobre a maior potência inovadora do Oriente!

Já estão abertas diversas vagas para a nova operação do TikTok nos EUA. Desde 2018, mais de 20 funcionários do Facebook migraram para a empresa chinesa. Eles foram seduzidos pelo fato de o aplicativo estar em fase de crescimento acelerado no Ocidente, além de salários até 20% mais altos que o concorrente. A ByteDance acredita que contratar empregados com experiência em redes sociais locais é chave para compreender as melhores práticas deste mercado.

De acordo com a reportagem, o Facebook não foi o único afetado com a chegada do TikTok. Funcionários do Snap, Hulu, Apple, Google e Amazon também migraram para a empresa chinesa desde o ano passado.

Apesar da nova operação no Vale do Silício, a sede do TikTok nos EUA continua na região de Los Angeles, também na Califórnia. A previsão é de que, até o ano que vem, seja completada uma expansão no local para que o escritório tenha capacidade para até 1000 funcionários.

Rivalidade

O novo escritório do TikTok ficará a poucos quilômetros da sede do Facebook, concretizando uma rivalidade que vem crescendo nos últimos meses. Inclusive, foi tópico de conversa entre os funcionários da empresa norte-americana e o CEO Mark Zuckerberg, que disse:

“O TikTok, construído pela empresa ByteDance, é realmente o primeiro produto de Internet para consumidor construído por um dos gigantes da tecnologia chineses que está se saindo muito bem em todo o mundo. Está começando a se sair bem nos EUA, principalmente com jovens. Está crescendo muito rapidamente na Índia”.

Números ainda colocam as redes sociais norte-americanas na liderança mundial, com folgas. O TikTok tem 700 milhões de usuários ativos diários, enquanto Facebook, Instagram e WhatsApp contam, juntos, com 2 bilhões. No entanto, o sucesso do TikTok com o público mais jovem e consumidor nativo digital (Geração Z) é um indicador de que a ameaça de crescimento é concreta. Nesse sentido, inclusive, Mark Zuckerberg lançou o app Lasso, com ferramentas semelhantes ao rival chinês.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários