Jack Ma: de volta ao apartamento onde o Alibaba começou

Depois de anunciar o seu afastamento e o seu sucessor, Ma planeja uma festa de despedida em um estádio de 80.000 lugares em Hangzhou, cidade onde ele fundou a empresa duas décadas atrás

0
shares

Jack Ma, o extravagante fundador e até ontem executivo-chefe do Grupo Alibaba anunciou o seu afastamento, nomeando Daniel Zhang como o seu sucessor. Ma deixa o império de US$ 460 bilhões que construiu com os seus funcionários ao longo de 20 anos.

Ele se afasta do cargo de presidente aos 55 anos, como parte de um plano de sucessão planejado há muito tempo. O Grupo Alibaba é o maior grupo de comércio eletrônico do mundo, com mais do que o triplo do total de vendas reportadas pela Amazon em 2018.

Ex-professor de inglês, Ma fundou a empresa com outras 17 pessoas em um pequeno apartamento em 1999. No vídeo abaixo, em inglês, ele retorna ao Jardim de Hupan, em Hangzhou, para visitar o apartamento onde tudo começou.

O Alibaba compartilhou o vídeo na segunda-feira (9), véspera do comunicado oficial da sucessão de Ma. Durante a visita ao apartamento onde a empresa começou, o empreendedor relembrou a frase que disse aos funcionários nos primeiros dias da startup.

"Este é o lugar no qual provavelmente trabalharemos durante um ano. Vamos comer aqui. Vamos dormir aqui. E provavelmente conseguiremos montar alguma coisa aqui. Ou, teremos que sair à procura de emprego juntos."

Durante a visita, Ma reflete sobre os primeiros dias e o que foi necessário para transformar o Alibaba no que é hoje.

Novos rumos

O Alibaba começou como uma empresa que vendia produtos chineses em todo o mundo, mas mudou seu foco para o mercado doméstico chinês, à medida que a economia do país crescia. Mais tarde, expandiu o negócio para oferecer serviços bancários online, inteligência artificial e entretenimento.

A oferta pública inicial de ações da empresa em 2014 continua sendo a maior da história, com US$ 25 bilhões.  O patrimônio pessoal de Ma é estimado em US$ 40 bilhões, segundo o Billionaires Index da Bloomberg, um patrimônio líquido maior do que qualquer outro na China e a 21º maior fortuna no mundo. Hoje, o Alibaba emprega mais de 100.000 pessoas, de acordo com a Reuters.

Agora, Ma disse que assumirá uma posição na Alibaba Partnership, um órgão de 38 pessoas com um papel indireto na governança do grupo. Ele escolheu Daniel Zhang, o CEO do Alibaba desde 2015, para assumir o seu cargo, embora seja improvável que Zhang corresponda à famosa extravagância de Ma.

Ma estrelou um filme de kung fu, cantou em um festival de música e uma vez se apresentou em uma festa da empresa, vestida como Michael Jackson. O empreendedor chinês também é conhecido pelos eventos extravagantes que realiza para os funcionários durante o evento anual de compras do Alibaba, o Dia do Solteiros, cujas vendas no ano passado superaram rapidamente o Prime Day da Amazon. O evento contou com artistas como Mariah Carey e do Cirque du Soleil.

Ma também não se conteve no Ali Day, dia de comemoração da empresa, em que funcionários e familiares são convidados para uma festa bancada pelo Alibaba. Numa destas ocasiões, ele fez os votos de um casamento em massa de funcionários.

Seu estilo expansivo também fica evidente em seus planos de despedida. Ma planeja uma festa de despedida em um estádio de 80.000 lugares em Hangzhou, cidade onde ele fundou a empresa duas décadas atrás.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários