Como é empreender na China? Ouça no 2º episódio do MVP, o podcast da StartSe

No segundo episódio do MVP, Tainá Freitas, Ricardo Geromel e Thais Aquino discutem as principais características — e diferenças — do ecossistema empreendedor chinês

0
shares

No primeiro trimestre deste ano, 21 startups da China se transformaram em unicórnios – ou seja, atingiram o valor de mercado de US$ 1 bilhão. No Brasil, esse número ainda não chegou a 10. No segundo episódio do MVP, o podcast da StartSe, nós desvendamos como – e porquê – empreender no país.

Para começar, é necessário driblar a barreira linguística e conhecer o "guanxi", a conduta social chinesa, responsável por construir elos de confiança, que são a base para fazer negócios no país.

Nesta quinta-feira, eu, Tainá Freitas, recebo Ricardo Geromel, líder do escritório da StartSe na China, e Thais Aquino, líder de parceiros da StartSe. Eles compartilharam suas experiências — como funciona o reconhecimento facial, por exemplo — e respondem a polêmica: a China é o novo Vale do Silício?

O episódio está disponível no Spotify, Deezer e Apple Podcasts. Siga o MVP StartSe para receber o episódio toda semana! :)

Ouça o episódio abaixo:

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários