Como a Alibaba usa games para engajar seus clientes

Jogos virtuais atraem usuários a voltar para a plataforma da empresa chinesa, estimulam ações sociais e incentivam o convite a novos consumidores

0
shares

O texto a seguir é uma adaptação deste artigo, publicado no Technode, um dos principais portais de conteúdo sobre tecnologia e inovação na China, e parceiro da StartSe. 

A Alibaba, empresa gigante de tecnologia da China, adota estratégias inovadoras para manter seus clientes engajados em seus produtos. Na plataforma online Alipay, o maior meio de pagamento digital do mundo, os usuários encontram não apenas serviços financeiros, mas também games.

Estes jogos virtuais promovem incentivos comportamentais, cujos objetivos principais são estimular o retorno do usuário ao app e trazer mais pessoas à plataforma. Para alcançar resultados neste sentido, a empresa criou um sistema de recompensas. Como em todos os negócios da Alibaba, os games também servem para coletar dados importantes sobre os consumidores.

 3 games da Alibaba

Entre os principais jogos virtuais presentes na plataforma Alipay, bem como no app Sesame Credit (que cria uma pontuação de crédito para cada usuário), três exemplos demonstram as estratégias da empresa de engajamento.

O primeiro consiste em coletar sementes de gergelim. Estas vêm dentro de caixas de tesouro, que são enviadas a usuários que adquirem determinados itens no ecossistema da Alibaba. Ou seja, ao comprar uma passagem de transporte público, usar uma bicicleta compartilhada ou alugar um carregador de bateria, o jogador recebe caixas de tesouro virtuais com uma quantidade indefinida de sementes de gergelim.

E para que servem as sementes? O usuário tem a opção de doá-las para projetos de caridade selecionados pela Alibaba ou acumulá-las e trocar por prêmios na plataforma.

O segundo jogo funciona como um Tamagotchi: o usuário precisa cuidar de um frango virtual, que precisa ser alimentado algumas vezes ao dia. Assim como no game das sementes de gergelim, para ganhar mais alimento, é preciso consumir produtos na plataforma da Alibaba. Entretanto, o jogo do frango tem um caráter mais social: amigos podem checar os bichos dos outros e até doar seus alimentos entre eles.

O terceiro jogo se trata de uma versão simplificada de games como Farmville. No caso do game chinês, o jogador precisa crescer um broto até que ele vire uma árvore. Para isso, ele precisa entrar no aplicativo todos os dias – do contrário, a planta não se desenvolve. Além disso, o game permite que um usuário regue a planta de um amigo, ou, pelo contrário, roube o oxigênio dele e utilize o recurso em sua própria árvore – o que é bem incomum em jogos virtuais. A Alibaba promete plantar uma árvore de verdade a cada uma que se desenvolve no game online.

Resultados

A partir da usabilidade dos três jogos, a Alibaba consegue gerar diversas formas de engajamento em seus consumidores, além de obter uma série de informações valiosas. Tudo isto com um pretexto altruísta de auxílio a instituições de caridade e plantação de árvores.

Os games estimulam o retorno do usuário ao app, usando alertas de urgência como: “seu frango está passando fome!”. Além disso, o caráter social dos jogos incentiva que toda a rede de contatos esteja dentro da mesma plataforma. Por outro lado, quando o game dá ao usuário a opção de doar para a caridade ou acumular para trocar por recompensas individuais, e até mesmo roubar os recursos dos próprios amigos, é possível especular que a Alibaba esteja coletando informações sobre como o seu consumidor age diante destas escolhas.

Por último, o fato de os jogos estarem disponíveis também na Sesame Credit, a plataforma de pontuação de crédito da empresa, indica que o desempenho nos games podem influenciar no score do usuário. Porém, como a Alibaba não divulga o algoritmo por trás do Sesame Credit, isto não é confirmado.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários