Romeu Zema explica em evento internacional ações que fazem de Minas Gerais a 'maior startup' do Brasil

"As possibilidades são infinitas", afirma Governador em debate no Brazil at Silicon Valley, que aconteceu nos dias 8 e 9/04 na Califórnia

0
shares

Romeu Zema, Governador eleito de Minas Gerais em 2018, está conseguindo aos poucos o que nenhum político conseguiu: administrar um Estado com mais de 20 milhões de habitantes como se fosse uma startup.

Em 100 dias de governo, Zema está mostrando que a tecnologia é o melhor caminho para uma gestão eficiente e levar serviços de qualidade para a população do Estado.

  • Uberlândia já possui prontuário online, disponível para qualquer Hospital ou Posto de Saúde que o paciente precise ir - criando mais agilidade no atendimento médico e consultas mais rápidas e precisas;
  • Recrutamento e Seleção do Estado de forma eletrônica - antes só era possível trabalhar com o Governo via Concurso Público ou indicações;
  • CNH Digital com Validade em todo território Nacional;
  • A possibilidade de se abrir e fechar empresas online;
  • Licenças Ambientais de Pequeno Porte as pessoas também podem realizar tudo pela internet;
  • E o Estado vai economizar 6 milhões de reais (todo ano) depois do Governo de Minas interromper a impressão do Diário Oficial e disponibilizando o conteúdo online.

Todas essas "pequenas mudanças" já mostram que Minas Gerais pode se tornar o Estado que melhor usa a tecnologia na Gestão Pública do Brasil.

"As possibilidades que a tecnologia pode trazer para o Governo em melhorias são infinitas", afirmou Zema durante debate no evento Brazil at Silicon Valley, que aconteceu na Califórnia.

Também participou do debate Ron Bouganim, sócio da GovTech Fund, primeiro fundo de capital de risco para startups de tecnologia governamental.

Ele concorda com Zema e afirma que "o Governo não foi construído para entregar todos os serviços disponíveis [segurança, saúde, educação, etc.] no nível de qualidade que o consumidor espera". E diz que o uso da tecnologia vai ajudar "no papel do Governo que será menos de entrega e poderá focar em unir pessoas e fazer conexões que sejam boas à população".

Zema afirma que, no atual modelo, "se alguém chega com um projeto com proposta de economizar 200 milhões de reais por ano para Minas, não temos condição de aceitar, pelo processo de licitação, pela resistência do próprio funcionalismo, pela cultura que se opõe a mudanças mais abruptas”.

Mas ele conseguiu uma maneira de trazer as soluções das startups para dentro do governo sem precisar de licitação ou causar um mal-estar no funcionalismo público do Estado...

Hoje, o capital investido no Seed (Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development) tem origem na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e na Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

Através dessa iniciativa, o Governo consegue sistemas, tecnologias e empresas que possam ser úteis para o Estado em questões-chave. Como saúde, segurança, por exemplo.

“Acho importante ressaltar que o Seed deu certo. Nosso principal objetivo é fomentar projetos de base tecnológica e promover o empreendedorismo. Hoje, vemos diversos projetos e movimentos sendo criados, não apenas em BH, mas em outras regiões do estado e do país. Agora, temos densidade e estamos prontos para dar o próximo passo”, ressalta o Coordenador-Geral do programa, Daniel Oliveira.

O Governador de Minas também comentou no Brazil at Silicon Valley que, atualmente, as maiores amarras que nós temos estão na Legislação Federal.

"Temos leis demais e efetividade de menos." O que causa um problema, porque ao invés de empresas e governos investirem para serem mais eficientes, "trabalhamos para atender a burocracia".

O Governador está passando por uma agenda cheia no exterior.

O objetivo é atrair novos investimentos e viabilizar negócios capaz de retomar o crescimento do Estado por meio de inovação e tecnologia.

Se você trabalha nas esferas do Governo Municipal, Estadual ou Federal; ou possui uma startup que pode ajudar a Gestão Pública de alguma maneira…

No dia 24 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo, ocorrerá o GovTech Conference 2019. O evento que reunirá 1.000 gestores e funcionários das esferas públicas para, junto das startups, criarem soluções para tornarem governos mais eficientes, rápidos e menos burocráticos.

Romeu Zema estará no evento e será um de nossos palestrantes principais.

Você pode conferir aqui toda a programação completa, e adquirir seu ingresso com desconto exclusivo de 40% em nosso lote promocional.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários