É difícil ter um Governo Digital no Brasil? Para o ex-presidente da Estônia, é mais simples do que parece…

Ele pode tornar o governo mais eficiente, menos corrupto, gerar mais lucro e agradar os cidadãos… E estamos bem próximos de dar o primeiro passo.

0
shares

A Estônia enfrentou um grande desafio em meados de 2002: usar a tecnologia para acabar com a burocracia.

Nós, brasileiros, sabemos bem o que é isso: 79 dias, em média, para se abrir uma empresa.

Até 30 dias para tirar um passaporte…

Dupla cidadania? A fila de espera pode demorar anos...

Horas ao telefone para resolver um problema com seu Bilhete Único…

Num primeiro momento, pode parecer difícil imaginar nossa realidade onde política e burocracia não andem de mãos dadas.

Mas a Estônia deu o primeiro passo para isso e conseguiu…

E o Brasil está prestes a fazer o mesmo também.

"Em termos técnicos, a primeira condição é criar um sistema muito forte e seguro de identidade digital." Quem diz isso é o ex-presidente da Estônia de 2006 a 2016, Toomas Hendrik Ilves.

Ilves frisa esse que talvez seja o fator principal para o primeiro passo ser dado: "Acima de tudo, o pilar mais importante é a vontade política".

O Brasil já possui um projeto para criar o Documento Nacional de Identificação, que usará a mesma Base Biométrica do Tribunal Superior Eleitoral.

Assim que a identificação biométrica (que já está em andamento no país) for finalizada, estaremos com a infraestrutura pronta para termos uma base de dados unificada e 100% digital.

Usando a Estônia como exemplo, hoje o cadastro único serve para quase tudo:

  • declarar imposto de renda;
  • identificação nas eleições;
  • usar serviço público de saúde;
  • entre muitos outros serviços.

Imagine por um momento que você poderá entrar em qualquer hospital ou posto de saúde sem precisar fazer cadastro. Sem perder tempo lembrando o número de RG e CPF todas as vezes…

Se você mudar de endereço, não ter mais que atualizá-lo no seu banco, na Receita Federal, na Prefeitura, Detran… atualizar conta de água, luz…

Cansa só de lembrar, não acha?

Mas a Estônia tem uma população 161x menor que a nossa... Será que esse modelo funciona no Brasil?

Na opinião de Toomas, sim. É perfeitamente possível aplicar o modelo no Brasil, "o mais difícil é se chegar a um consenso político".

Ele afirma que as competências podem ser distribuídas nas esferas estaduais, e, quando uma região tomar à frente nessa corrida, rapidamente os outros estados vão fazer o mesmo para não ficarem para trás.

"Há o argumento de que os demais estados ou países passarão à frente. Falando como um ex-político, se eu fosse visto como o responsável por esse atraso, provavelmente não seria reeleito."

Se você atua na esfera política e ainda não está convencido de que o futuro da gestão pública está na digitalização (feita de forma inteligente, claro) dos serviços…

Saiba que ela também pode fazer o Estado economizar dinheiro… muito dinheiro, aliás.

Uma das primeiras economias, sem dúvida, é o tempo das pessoas. Isso economiza cerca de 2% do PIB de um país.

Falando em Brasil, isso poderia gerar uma economia de 136 bilhões de reais (usando valores referentes ao PIB de 2018).

Uma economia de 12 dígitos anuais, e um atendimento melhor à população… Nada mau, não acha?

Quer um exemplo prático de como essa digitalização pode tornar a sua vida bem mais fácil?

Lembra no começo deste texto falei que no Brasil levamos em média 79 dias para se abrir uma empresa? Na Estônia, graças à digitalização, esse processo leva apenas 1 dia.

Apenas neste exemplo, veja o número de benefícios que essa desburocratização poderia causar:

  • Mais empresa sendo abertas no Brasil;
  • Mais receita injetada na economia;
  • Mais dinheiro no bolso do empreendedor (ele não precisaria esperar mais de 2 meses para pôr o seu negócio pra funcionar);
  • Mais vagas de emprego para se trabalhar nessas empresas que acabaram de nascer.

Imagine o número de pessoas que não abrem um negócio (ou demoram muito para tomar essa decisão) por causa do tamanho da burocratização excessiva?

Além do benefício na economia, segundo o ex-presidente da Estônia, a digitalização do governo tem grande "potencial de redução da corrupção, especialmente nas esferas mais baixas do serviço público, como a propina paga para acelerar os processos burocráticos".

Se ele soubesse que, em média, o Brasil perde 200 bilhões de reais todos os anos por causa da corrupção (dados do Ministério Público Federal)...

Provavelmente diria que estamos perdendo tempo (e bilhões) para dar esse passo que fará, ao mesmo tempo:

  • Uma gestão melhor para a população;
  • O Governo economizar mais para investir em projetos realmente importantes;
  • E termos ferramentas tecnológicas que impeçam que novos casos de corrupção como os denunciados na Lava Jato surjam…

Você tem uma Startup? O Governo tem milhões para investir no seu negócio...

Mas calma, nem todas as notícias relacionadas ao Brasil são ruins…

O Gestor Público já entendeu que a tecnologia usada com inteligência pode sim trazer muitos benefícios em todas as áreas.

Principalmente para empreendedores e startups que queiram ajudar o governo a se atualizar tecnologicamente e a eliminar etapas desnecessárias na gestão das esferas municipais, estaduais e federais.

Se você é Empreendedor e quer aproveitar essa onda de investimentos milionários que o Governo está disposto a investir no seu negócio, ou…

Se você é Gestor ou Funcionário Público, que sabe que existem soluções melhores e mais rápidas para você gerir municípios e Estados com mais eficiência...

Controlar os gastos públicos e trazer para perto do seu governo as empresas de tecnologia mais inovadoras do Brasil…

A StartSe vai reunir startups do Brasil inteiro junto com os gestores públicos mais inovadores do país no GovTech Conference 2019.

O único evento focado 100% em tecnologias práticas e startups capazes de revolucionar a maneira de governar e gerir os gastos públicos.

Dentre os palestrantes confirmados, está o Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, que concorreu a um cargo público pela primeira vez em 2018 e ganhou com 71,8% dos votos válidos.

Confira aqui o tema do GovTech Conference deste ano e todos os palestrantes confirmados nesta edição.

Lembrando que os ingressos estão com valor promocional de até 40% de desconto (verifique lote disponível). Aproveite que é por tempo limitado.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários