O fim dos Hospitais: Como é a Saúde na Era dos Super-Dispositivos?

Vidas salvas, aumento da expectativa de vida e hábitos saudáveis. Qual o papel dos médicos com Novas Indústrias praticando a Medicina?

0
shares

Hoje em dia é difícil você andar por aí sem esbarrar em uma academia, uma loja de produtos naturais ou passar por alguém sem um smartwatch no pulso.

Esses pequenos sinais indicam algumas tendências para ficarmos de olho:

  • O tema saúde e bem estar está cada vez mais presente no nosso dia a dia e programas de TV;
  • O aumento de empresas que oferecem serviços como esses mostra que essa é uma demanda para milhões de pessoas;
  • E o número de novas indústrias abocanhando o mercado de saúde prova que este setor está cada vez mais lucrativo para empresas e investidores.

Alexa, eu queimei minha mão. O que eu devo fazer?

"É uma queimadura grande ou pequena?"

Depois de você responder a assistente da Amazon, ela cita dicas de como você tratar a queimadura.

Essa foi é apenas uma das funções apresentadas na HIMSS, a reunião da Sociedade de Sistemas de Informação e Gestão de Saúde, em Orlando, Flórida.

O Google mostrou que também tem várias soluções para o mundo da saúde: desde um mapa interno que ajuda pacientes a percorrer centros médicos em massa até um registro online usando o Google Cloud que acelera o processo de login nos hospitais.

A startup israelense Upright Inc., desenvolveu um sensor que você usa nas costas e ela sinaliza sua má postura. Mostrando dados diários sobre isso.

Os problemas causados pela má postura corporal são muitos. Dentre eles, está a algia da coluna vertebral, que é conhecida como dor nas costas e temida por todo mundo.

De acordo com a Organização Mundial de saúde (OMS), 85% da população mundial sofrem de dores na coluna.

'Nunca pensei que um computador de pulso estúpido eu comprei 2 anos atrás salvaria minha vida.

Foi assim que o americano James Green descobriu que estava prestes a sofrer de embolia pulmonar e foi salvo pelo seu Apple Watch.

Ele analisou os 2 anos de dados cardíacos coletados no aparelho e quando foi notificado que algo estava errado, foi ao médico verificar.

Outra pessoa divulgou no Reddit que também foi salva pelo equipamento.

Ao chegar no médico, depois do aparelho acusar "fibrilático", o médico foi enfático:

"Você deveria comprar ações da Apple. Por que isso [o Apple Watch] provavelmente te salvou."

Isso mostra uma tendência interessante: as pessoas odeiam ir ao médico, mas estão cada vez mais à procura de tecnologias e soluções que avisem se elas estão ou não ficando doentes.

A expectativa de vida no mundo todo está aumentando. A média chegou a 71,4 anos segundo a Organização Mundial da Saúde.

Então, cuidados com a saúde se tornam cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas.

E isso abre um espaço enorme para empresas como Google, Amazon e Apple atuarem.

O número de healthtechs no Brasil gira em torno de 250 empresas atuantes.

Ele foi o segundo setor com crescimento mais rápido em tecnologia na America Latina. Um aumento de 250% em relação a 2016.

Nós somos o sétimo maior mercado health do mundo. Mas os problemas com o sistema público de saúde (SUS) abre cada vez mais espaço para startups atuarem e criarem soluções para milhões de clientes.

E a "ida ao médico" acaba se tornando uma opção apenas para os casos mais graves.

Por isso, se você é profissional do mercado de saúde ou busca empreender no mercado de saúde…

Você não precisa mais ser necessariamente um médico para criar soluções para o setor de saúde e medicina.

Em abril, acontecerá em São Paulo o maior evento de tecnologia no setor da Saúde e Bem-Estar da América Latina: o HealthTech Conference 2019. O Futuro da Medicina Preventiva está nos Hospitais ou Nos Aplicativos?

Os maiores profissionais e empresas que estão criando soluções que vão liderar a Nova Medicina Preventiva, irão ensinar como médicos e profissionais interessados na área da saúde podem usar a tecnologia para criar soluções capazes de ajudar milhões de pessoas…

E criarem um novo nicho de mercado ainda pouco explorado (e cada vez mais em alta) no Brasil.

Confira a página oficial do evento e todas as novidades e palestrantes que estarão na edição de 2019.

Junte-se a mais de 400.000 Empresários e Profissionais Para Conhecer os Negócios Mais Disruptivos do Mundo!

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Investimentos
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema

Comentários