Como startups estão incluindo mulheres

Mulheres são 30% dos funcionários entre startups pesquisadas; Há iniciativas para reduzir a diferença de gênero

0
shares

Aproximadamente 70% dos funcionários de startups são homens, de acordo com questionário respondido por 35 companhias de tamanhos e setores variados. Mulheres são em grande parte responsáveis por áreas como comunicação e marketing, mas minoria em desenvolvimento de sistemas.

O percentual de mulheres em cargos de gerência e acima, em startups, é menor do que no mercado em geral: em média 25%, enquanto no geral a faixa é de 37%.

O processo de seleção tradicional, no qual as pessoas se cadastram e esperam ser chamadas para entrevista, pode não ser eficiente para reduzir essa diferença.

Mas startups não são empresas tradicionais, por isso, não há motivo para terem processos de seleção tradicionais.

 

Uma postura ativa é necessária para inserção das mulheres

Mariana Congo da Magnetis

Algumas empresas já perceberam isso. É o caso da fintech Magnetis, que está indo efetivamente atrás de mais mulheres desenvolvedoras para reduzir a diferença de gênero nessa área, que começou sem nenhuma mulher.

“Uma postura ativa é necessária”, disse Mariana Congo, gerente de comunicação da Magnetis. Atualmente a fintech conta com 3 mulheres em um time de 16 desenvolvedores.

A Magnetis participou e patrocinou a última edição do RailsGirls, evento que ensina programação e orienta sobre o mercado de trabalho, voltado para mulheres. O RailsGirls São Paulo aconteceu em agosto do ano passado na sede do Nubank.

Em eventos como esse a empresa conheceu e contratou uma desenvolvedora, que indicou uma outra, e assim o time foi crescendo. “Quando você tem mulheres na equipe isso ajuda e tem um efeito multiplicador”, comentou Mariana Congo.

Iniciativas como essa demonstram que a empresa dá voz às mulheres. Carolina Karklis, desenvolvedora na Magnetis, conta que é típico chegar em um lugar e ser a única mulher, desde a faculdade - cursou análise e desenvolvimento de sistemas. Ao estar em uma equipe com mais mulheres ela relata se sentir “ mais confortável e motivada” para dar opinião. “Se não dão voz para mulheres entrarem, como eu vou ter voz estando aqui?”.

Em 2017, 80 mulheres participaram do RailsGirls, e várias empresas procuraram o evento para divulgação de vagas. Este ano a expectativa é de participação maior. "Esperamos poder impactar 100 mulheres com a edição de 2018 e fazer com que elas deem o pontapé inicial no mundo da tecnologia. Também planejamos eventos com a comunidade Women Dev Summit, que une as comunidades Rails Girls, Womakerscode, Desprograme e PHP Women em iniciativas para trazer mais mulheres para o mundo da tecnologia", declarou Bárbara Barbosa, organizadora do evento.

Networking é importante

Muitos dos entrevistados, homens e mulheres, relataram ter saído de empregos tradicionais para startups por indicação. O efeito do networking reflete nas contratações: homens tendem a indicar mais homens, assim como mulheres tendem a indicar mulheres.

O efeito do networking se confirma na Justto. O CEO da legaltech, Alexandre Viola, não havia pensado no “efeito multiplicador feminino”

Lilian Fonseca da Justto

[/caption]

até que se deu conta, durante a entrevista, que entre as três mulheres ao seu redor, duas chegaram por indicação de outras funcionárias.

Lilian Fonseca, advogada e COO da Justto, conta que entrou para a Startup depois de conhecer a empresa e sua proposta e se empolgar com o projeto, por isso deixou o escritório onde trabalhava. Ela diz ter a impressão se sentir mais confortável para entrar em um projeto onde já há uma fundadora. Era o caso da legaltech, fundada por Michelle Morcos e Alexandre Viola, da qual Lilian hoje também é sócia.

 

Sobre o estudo

Na minha experiência de jornalista cobrindo startups percebi a grande diferença de gênero, mas ainda não havia uma pesquisa que registre oficialmente os números que observamos no mercado.

Desenvolvi um questionário que foi enviado para aproximadamente 100 empresas e contei com a colaboração de 35 startups que estão conscientes da questão e entendi a participação como parte de um movimento para mudar o cenário atual. Mais informações coletadas estão disponíveis no link.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários