Visa prorroga inscrições para Programa de Aceleração de startups

Avatar

Por Conteúdo Patrocinado

16 de março de 2020 às 15:02 - Atualizado há 2 meses

Logo ReStartSe

GRATUITO, 100% ONLINE E AO VIVO

Inscreva-se para o Maior Programa de Capacitação GRATUITO para empresários, gestores, empreendedores e profissionais que desejam reduzir os impactos da Crise em 2020

As inscrições para o Programa de Aceleração Visa foram prorrogadas! Empreendedores de todo o Brasil podem inscrever suas soluções até o dia 20 de março. Com a iniciativa, criada há três anos, a Visa busca conectar startups com players do mercado. Neste período, 66 empresas foram aceleradas e 24% delas fecharam contratos — sendo 59% com parceiros (emissores, credenciadores, startups e estabelecimentos comerciais) e 32% com a própria Visa.

Uma delas é a Binds.co. A startup, que está há quatro anos no mercado, possui uma plataforma que monitora a experiência e satisfação de clientes em tempo real por meio de pesquisas digitais. Depois de passar por mentorias, aprimorar modelo de negócio e se conectar com diversos players do mercado, a Binds.co fechou uma parceria com a Visa. “Nós monitoramos o NPS (Net Promoter Score) avaliando a . Avaliamos, durante todas as etapas do Programa, os feedbacks dos participantes”, explica Leandro Ferreira, fundador da startup.

Com um crescimento acelerado, a empresa faz parte de um importante índice identificado pela Visa. De acordo com dados da Fundação Dom Cabral, 50% das startups brasileiras não passam dos quatro anos de vida. Já a mortalidade das fintechs que participam do Programa é de apenas 15%. “No caso da Binds.co, a Visa nos ajudou a fortalecer nosso modelo de negócio e mostrar que estamos no caminho certo”, ressalta Ferreira.

Novos parceiros e investimentos

Durante o Programa de Aceleração, as startups também têm a chance de se conectar com outras companhias do mercado. Como é o caso da Cosmobots. A startup oferece uma solução que permite que empresas criem seus próprios assistentes virtuais ou chatbots. “Por meio do Programa, fechamos negócio com com diversos parceiros do mercado” , conta Rafael Caixeta, fundador da startup.

Além dos contratos, as participantes do Programa de Aceleração Visa já captaram, em três anos, mais de R$ 90 milhões em investimento de fundos ou investidores anjos, segundo informações oferecidas pelas próprias startups.

“Isso mostra a importância do Programa para o ecossistema, pois são inúmeras oportunidades de negócios que as startups encontram durante e após a participação no Programa. Aqui na Visa deixamos todas as portas abertas e nossos parceiros conectados para promover o crescimento dessas startups e explorar oportunidades de desenvolvimento para alavancar e desenvolver a inovação no mercado brasileiro”, ressalta Beatriz Montiani, diretora de Inovação e Engajamento com Fintechs da Visa no Brasil.

Para tornar ainda mais dinâmico o processo de inscrições para a edição 2020, a Visa desenvolveu, em parceria com a StartSe, um radar com a lista das startups que já foram aceleradas no Programa em diversos segmentos. Confira os nomes e se inscreva!

Inscrições

As inscrições para a edição 2020 do Programa vão até o dia 20 de março. A Visa busca startups com produtos e soluções inovadoras e relevantes para o mercado, modelo de negócio com escalabilidade e uma equipe com know-how do produto e do setor. As empresas selecionadas serão aceleradas no Vale do Silício e receberão mentorias, consultorias e outros benefícios. Saiba mais no site oficial!