ForGood: a startup que te ajuda a contratar executivos

Conteúdo Patrocinado

Por Conteúdo Patrocinado

21 de outubro de 2020 às 18:44 - Atualizado há 1 mês

Logo Cyber Monday 2020

Só hoje, nossos melhores Cursos Executivos ou Programas Internacionais com até 50% off

Quero saber mais

Vem aí a melhor formação de líderes do Brasil

Logo Liderança Exponencial Aprenda as novas competências fundamentais para desenvolver uma liderança exponencial e desenvolva diferenciais competitivos para se tornar um profissional de destaque no mercado.

100% online, aulas ao vivo e gravadas

Próxima turma: De 14 a 17/Dez, das 19hs às 22hs

Inscreva-se agora

*Por ForGood

Suavidade, leveza, proximidade e humanização. Essas são expressões que podem descrever a ForGood, uma empresa de busca de executivos nos níveis de Gerência, Diretoria, Presidência e Conselhos. Uma empresa que se caracteriza como, da tão falada, “nova economia”. Se, neste momento, vieram à sua cabeça perguntas como: “isso está certo?” ou “como é possível?”, a gente explica!

A ForGood é uma consultoria especializada em soluções para capital humano, contemplando busca de executivos, desenvolvimento de liderança, Advisory e Governança Corporativa. Fundada por empreendedores que têm na bagagem décadas de experiência conectando clientes e candidatos de todos os setores, com olhar atento para as características dos profissionais e empresas da “nova economia”. São 3 sócios com experiências diversas e complementares, que fazem da ForGood uma empresa com uma abordagem e posicionamento singulares. “Mesmo as empresas mais tradicionais têm gostado desse nosso tom e têm nos convidado a integrar a sua rede de parceiros”, conta Rui Furtado, sócio da operação.

Isso é possível já que a ForGood preza por: “relações laterais e duradouras” entre a consultoria, a empresa-cliente e o candidato, através de uma abordagem absolutamente pessoal, na qual as subjetividades são fortemente levadas em conta. Tudo isso para buscar a construção de um ambiente confortável e seguro para que os candidatos tenham tranquilidade em trazer quem eles são e evitar que a “persona executivo (a)” impere nas trocas.

“Buscamos conhecer as pessoas na sua essência, compreendendo com profundidade seu momento pessoal e profissional, e garantindo com maior probabilidade a compreensão de suas reais aspirações. Queremos conhecer as pessoas e não seus melhores personagens. Portanto, na largada somos nós a tirar as “máscaras” desde o  primeiro contato. Isso feito de forma genuína, aumentamos, e muito, a probabilidade  de construção de uma relação positiva e útil para todos (empresa, consultor e candidato). Todos os meses, desde nossa fundação, temos conquistado parceiros e até amigos”, explica Furtado.

Um contato humanizado

Essa proximidade com os candidatos começa no anúncio da vaga. O contato é feito inclusive via redes sociais, sendo a primeira consultoria do mercado em divulgar seus mandatos de posições por vídeos e virando exemplo para as outras empresas nacionais e internacionais do setor.

A ação favorece os candidatos pois levam uma vantagem na interpretação e já é criada uma situação mais empática e próxima. “Foi uma ideia simples, mas ao mesmo tempo ousada, em um mercado coberto por formalidades e tradições. Diante de tal inovação fomos alvos de críticas construtivas, destrutivas, mas para inovar é necessário ter coragem e acreditar que está fazendo o melhor aos interessados”, completa.

Os sócios têm uma linguagem jovial e aparecem em vídeos descrevendo o profissional que procuram, seja para a posição de um CFO em um escritório de advocacia, Bankers de Bancos de Atacado, COO para uma Fintech investida por Fundos ou para a vaga de Gerente Executivo para uma multinacional americana, focada em Life Science.

“Buscamos as pessoas e não suas personas e visamos proporcionar a melhor experiência dos profissionais envolvidos em quaisquer iniciativas de nossas soluções. Implementamos a divulgação por vídeos em 2019, mas ao longo desse período de pandemia a abrangência e impacto dos vídeos aumentaram de forma exponencial. Com as pessoas mais em casa, em frente ao computador e acionando ainda mais o LinkedIn, atingimos mais pessoas e temos mais engajamento dessa forma. Nos últimos 4 meses, aumentamos em 45% a conversão de candidatos selecionados para nossas clientes, frutos das intenções de candidatura por meio de nossos vídeos”, complementa Alexandre Fialho, também sócio da ForGood.

Atualmente, a startup possui clientes nas áreas de bancos, seguros, gestoras e fundos de investimentos, economia real como um todo e empresas investidas por Fundos de PE&VC. “Os vídeos são a ponta do iceberg de um conceito e postura novos, estamos desafiamos alguns modelos e práticas tradicionais de Executive Search. É mais proveitoso tratar com gente de forma leve, clara e franca. Acreditamos no alinhamento de expectativas e 100% de retornos aos candidatos. Mesmo que não sejam escolhidos, queremos que o processo tenha sido agregador de alguma forma”, finaliza Roberto Cunha, sócio da ForGood.

*O conteúdo aqui descrito é de responsabilidade do patrocinador.