A aposta da Danone Nutricia no modelo de open innovation

Conteúdo Patrocinado

Por Conteúdo Patrocinado

28 de junho de 2019 às 16:04 - Atualizado há 1 ano

Logo ReStartSe

Inscreva-se para o maior e mais audacioso evento de inovação, tecnologia e transformação digital já feito na América Latina. 30 dias que vão mudar sua visão de mundo, dos seus negócios e da sua carreira.

Online e totalmente gratuito - 01 a 30 de outubro/2020

A colaboração entre grandes empresas e startups está se tornando cada vez mais comum. Iniciativas de open innovation, ou inovação aberta, crescem a cada dia em um mercado onde companhias buscam usar a tecnologia para beneficiar áreas de negócio, se transformar e ganhar agilidade. De um lado, as startups desenvolvem soluções, novos produtos e potencializam seus projetos. Do outro, as empresas oferecem estrutura, know-how e conhecimento de seus executivos.

É o caso da Danone Nutricia. A companhia, especializada em soluções nutricionais cientificamente comprovadas, aposta em programas de conexão e outras iniciativas para trazer inovação para dentro do negócio. “Acreditamos que a nutrição tem o poder de transformar vidas. Temos o compromisso de estar sempre em busca de soluções inovadoras em nutrição especializada, seja através de um ingrediente, produto, serviço ou mesmo um dispositivo”, explica Fernando Lopes, diretor de marketing e Center of Excellence da Danone Nutricia.

Segundo o executivo, a busca por agilidade, consistência e inovação faz parte do processo de evolução contínua da empresa. “Encontramos no open innovation uma oportunidade de se conectar com o mercado, buscar necessidades não atendidas e soluções em estágio mais avançado de desenvolvimento. E, principalmente, buscar o espírito empreendedor e a agilidade tão presente nas startups”, explica Fernando.

Área de inovação

Com mais de 100 anos no mercado de nutrição e um centro de pesquisa e desenvolvimento na Holanda, a Danone Nutricia também possui um time focado em inovação no Brasil. “Estruturamos uma área dedicada à inovação e novos negócios com um olhar mais externo, buscando necessidades latentes dos nossos consumidores”, explicou o diretor.

A equipe foi formada a partir da integração das divisões Danone Early Life Nutrition e Danone Advanced Medical Nutrition, que resultaram na criação da Danone Nutricia. “Isso nos possibilita desenvolver soluções nutricionais de acordo com as necessidades dos brasileiros”, conta Fernando.

Programa de conexão

Como parte das iniciativas de open innovation, a companhia criou, em parceria com a consultoria Innoscience, o programa de conexão Desafios Danone. Por meio dele, a empresa busca potencializar soluções e encontrar novas tecnologias que atendam diversos públicos do mercado brasileiro. “Estamos abertos a soluções nutricionais diversas para impactar positivamente a saúde e bem-estar de bebês, crianças, adultos e idosos”, explica Fernando.

Segundo o executivo, os projetos que atenderem à missão e valores da empresa, assim como as necessidades dos consumidores, serão testadas em um modelo de colaboração.  “Acreditamos que a troca de experiências, com o conhecimento científico e a força da marca e da estrutura da Danone Nutricia podem alavancar muito uma solução inovadora”.

Startups de todo Brasil que se identifiquem com o propósito da companhia podem se inscrever até o dia 14 de julho. “Nossa expectativa é encontrar muitas soluções que possam contribuir nessa missão de transformar vidas através da nutrição”, afirma Fernando. Para saber mais, acesse o site.