Tegma busca tecnologias para controle de cargas e monitoramento de lacres

Companhia busca startups para solucionar dez desafios propostos por colaboradores e clientes; inscrições vão até o dia 14 de julho

0
shares

A Tegma, uma das maiores empresas de logística do Brasil, está em busca de soluções inovadoras para o mercado. Para isso, a empresa criou a TegUp Ventures, braço de inovação aberta e aceleradora de startups. Com a iniciativa, a companhia busca potencializar projetos de todo o Brasil com uma série de benefícios: laboratório real para testes, acesso ao networking da empresa, mentoria e espaço de coworking.  

Na edição 2019, a Tegma busca solucionar oito desafios propostos por colaboradores e clientes. Durante todo o período de aceleração, as startups selecionadas estarão em contato com os executivos das empresas de cada desafio proposto, e com os executivos da Tegma. Conheça três dos desafios lançados no programa:

Controle de pressão para cintas de amarração de cargas

A Tegma busca tecnologias que auxiliem na amarração de cintas no transporte de carros. “São quatro cintas por veículos, e o amarrador deve colocar uma pressão nelas. Queremos encontrar uma solução capaz de sinalizar quando a pressão ideal for atingida”, explica Sandro Torres, executivo de operações da Tegma. Segundo o executivo, o objetivo é evitar que as cordas fiquem muito apertadas ou frouxas. “Se possível, buscamos uma tecnologia que também envie alertas ao motorista se alguma cinta se soltar”, explica.

Monitoramento da altura e peso das cargas

Em outro desafio, a Tegma deseja encontrar soluções para controlar altura e peso das cargas e identificar o volume carregado no transporte. A tecnologia deve auxiliar na distribuição correta do peso entre os eixos dos veículos. “Nossa ideia é ter algum tipo de sensor que registre informações sobre qual equipamento está sendo carregado e suas medidas”, ressalta Sandro.

Melhoria no processo de identificação de lacres dos veículos

A Tegma também busca soluções que auxiliem na conferência dos lacres dos veículos usados para transporte de cargas dos clientes. Hoje, ela é feita manualmente. A companhia deseja usar a tecnologia para evitar fraudes e tornar o processo digital, ágil e seguro — com o uso de códigos de barras, aplicativos ou outras plataformas.

Inscrições

Startups de todo o Brasil podem se inscrever para o programa até o dia 14 de julho. Além do controle de cintas e monitoramento das cargas e lacres, a empresa busca soluções para outros cinco desafios: Assistente para roteirização na navegação da frota, Consulta de multas dos veículos, Otimização de inventário de estoque, Aprimoramento do processo de separação de pedidos B2C e Melhoria no processo de separação de pedidos B2C.

Após o período de inscrições, as startups selecionadas passarão pelas fases de Pitch Day com apresentações, escolha dos finalistas e Demo Day com desenvolvimento e execução de piloto. As empresas que mais se destacarem serão aceleradas pela Tegma. Para saber mais, acesse o site!

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários