Startups aceleradas pela Visa comemoram sucesso após Programa

DataRisk e LaPag foram algumas das startups selecionadas para o programa de aceleração da companhia; empresas receberam mentorias, consultorias digitais e visitaram o Vale do Silício

0
shares

Entre as startups que passaram pelo Programa de Aceleração da Visa está a DataRisk, plataforma online de modelagem preditiva com foco em instituições financeiras. Além de atuar como um marketplace de modelos, a empresa também oferece relatórios de performance, serviços de acompanhamento e outros recursos.

Jhonata Emerick, fundador da startup, foi um dos selecionados para a aceleração de 2018 do programa. “A viagem ao Vale foi muito importante para entender como empreendedores brasileiros que estão lá conduziram o seu processo de internacionalização. Além disso, sentimos de perto a cultura de inovação”, afirma.

No Brasil, a equipe da DataRisk ainda recebeu mentorias e consultorias com profissionais da Visa e do mercado. “Em todo o período os executivos se dedicaram muito e nos apoiaram. Mesmo depois do término, somos próximos da Visa. Chegamos com uma estratégia um pouco equivocada e conseguirmos aprimorá-la. Além disso, melhoramos nosso pitch de vendas e até mesmo o produto” conta Emerick. Hoje, a startup está construindo projetos em parceria com a Visa.

Além da DataRisk, a LaPag também foi uma das empresas aceleradas. A fintech, focada no mercado de beleza e estética, oferece uma solução de gestão e pagamentos para estabelecimentos da área. Segundo Carolina Mendes, fundadora da startup, a aceleração ajudou a fintech a aprimorar a sua solução e entender melhor o cliente. “Aprendemos muito com os executivos que acompanharam o desenvolvimento de outras fintechs e compartilharam as suas experiências”, ressalta a empreendedora.

Como resultado, a startup está desenvolvendo um novo produto com a Visa. “Durante a aceleração, identificamos que a maioria das profissionais que trabalham nos estabelecimentos de beleza e estética não tinham contas bancárias. Vimos uma oportunidade de construir uma solução digital para resolver isso”, explica Carolina. A ferramenta ajudará as usuárias a receber pelos serviços e administrar esse dinheiro.

Inscrições

As inscrições para o segundo batch da edição 2019 do Programa de Aceleração da Visa estão abertas. Com a iniciativa, a companhia busca fomentar o ecossistema de inovação do país e desenvolver novas soluções, gerando conexões e negócios para as empresas participantes.

As startups vencedoras receberão serviços de consultoria digital, palestras, mentorias com executivos Visa e de mercado e uma viagem ao Vale do Silício para validar o seu modelo de negócios, fazer benckmark, se aproximar de Venture Capitals e mudar o mind set. Além disso, farão uma imersão com as frentes de negócio da companhia e as iniciativas que surgirem durante o Programa e que estiver em linha com as estratégias da empresa, poderão receber um investimento para que o MVP seja testado.

A Visa procura empresas com soluções relacionadas a 13 áreas de interesse: Pagamentos, Transações, Gestão Financeira, Big Data, Machine Learning, Inteligência Artificial, Automação Comercial, Gestão de Vendas, Melhoria de processos, CRM, Blockchain, Empréstimo e Mobilidade urbana.

Podem se inscrever até o dia 30 de junho startups que já tenham um modelo de negócio testado e escalável. As empresas selecionadas pela Visa se apresentarão em um Pitch Day que acontecerá em julho. As melhores soluções serão aceleradas pela companhia. Para saber mais, acesse o site!

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários