Ocyan busca soluções para controle de equipamentos de extração de petróleo e gás

Startups de todo o Brasil podem se inscrever até o dia 28 de abril no Ocyan Waves Challenge, o programa de conexão com startups da companhia

0
shares

Com o Ocyan Waves Challenge, a Ocyan busca digitalizar processos internos, se aproximar do ecossistema de inovação e usar tecnologia para aumentar sua eficiência. O programa de conexão com startups lançado pela companhia propõe oito desafios internos relacionados à operação, controle de atividades, comunicação, gestão de pedidos e outros processos.

“O relacionamento com startups só tem coisas boas a trazer, em termos de inovação, desenvolvimento da empresa e novas oportunidades”, ressalta Rodrigo Chamusca, gerente do Centro de Suporte de Decisão (CSD) da Ocyan e responsável pelo desafio de Drill Pipes, tubulação usada para perfurar os poços e preparar o poço para a extração de petróleo e gás natural.

Neste desafio, a empresa busca melhorar o controle da produtividade do Drill Pipe, que hoje é realizado manualmente em planilhas, impossibilitando o monitoramento em tempo real da produtividade e integridade desses tubos.

A solução deve automatizar esse processo, com um histórico de inspeções, controle de horas e metros perfurados e acompanhamento da evolução de desgastes. “Buscamos uma ferramenta para gerenciar o ciclo de vida do equipamento — que pode ser uma tag, etiqueta RFID ou outra solução que faça a leitura e gere dados”, explica Chamusca. Segundo o executivo, é importante que a solução possa ser integrada a tablets e seja resistente a altas temperaturas, vibração e impacto.

Em outro desafio, a Ocyan também deseja monitorar o BOP (Blowout Preventer), equipamento usado para prevenir acidentes de grandes proporções causados pelo fluxo incontrolável de um poço. O BOP possui cerca de 16 metros, um conjunto de válvulas e é instalado no fundo do mar. Por isso, o acesso é restrito.

“As falhas desse equipamento podem causar danos consideráveis, afetar a segurança de todo o processo durante a operação e são uma das maiores causas de perda de receita das empresas. Pela complexidade dele e pelo acesso restrito, é difícil fazer manutenção. Nosso principal objetivo é trabalhar com os dados disponíveis e extrair o máximo de informações possíveis para atuar de forma preventiva e proativa para evitar as falhas e reduzir custo”, explica Cristiano Xavier, coordenador de Subsea da Ocyan e responsável pelo desafio do BOP.

Como participar?

As startups podem se inscrever para o Ocyan Waves Challenge até o dia 28 de abril. Após o período de inscrições, serão selecionadas até 20 startups para o Pitch Day com a presença de executivos da empresa. As aprovadas poderão se aprofundar nos desafios em um período de imersão, apresentando uma proposta de piloto.

Até oito empresas serão selecionadas para colocar em prática o piloto proposto em ambiente da Ocyan. Os projetos serão avaliados e as startups que mais se destacarem poderão ser contratadas pela companhia. Para saber mais sobre o programa, acesse o site!

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários