CEO, Presidente, Diretor... um Líder precisa de cargo?

O líder da nova economia precisa desenvolver novas habilidades

0
shares

Existem dois tipos de liderança. Aquela que é exercida pelo poder e outra que é exercida pela autoridade. Quem tem poder, força os demais a fazerem a sua vontade. Já o líder, que tem autoridade, influencia as pessoas a segui-lo.

Ainda hoje, na grande maioria das empresas, muitas pessoas exercem liderança porque são colocados nessa posição. Seja porque têm boa formação ou porque tiveram bons resultados. Porém, nada disso faz deles líderes. Liderar é mais do que isso!

Margaret Thatcher, que foi Primeira Ministra do Reino Unido, disse que “um líder é alguém que sabe o que quer alcançar e consegue comunicá-lo.”

Para ser um bom líder, você precisa convencer as pessoas de que elas devem fazer aquilo que você diz. Quando você obriga as pessoas a segui-lo, sem que elas confiem em você, o resultado será desastroso.

E não é sendo chamado de CEO, Presidente ou Diretor que você conseguirá exercer influência sobre as pessoas. O respeito delas pela sua liderança virá através da sua capacidade de motivar a equipe, sendo transparente, inclusivo, acessível e focado num objetivo comum.

Os maiores líderes da história não eram detentores do poder. Exerceram sua liderança através da capacidade de influenciar as pessoas: Martin Luther King, Mahatma Gandhi, Nelson Mandela... nenhum deles recebeu qualquer título de poder.

No mundo dos negócios, os maiores líderes sempre influenciaram as pessoas através das suas crenças. Steve Jobs e a sua busca pela qualidade absoluta, Bill Gates e sua luta pela erradicação da pobreza, Elon Musk e o seu desejo de colonizar Marte...

Cada um, ao seu modo, influenciou seus seguidores em busca de um objetivo único. E não foi preciso impor. As pessoas se motivaram porque enxergaram, nessas pessoas, líderes capazes de fazer algo verdadeiramente relevante.

As habilidades exigidas de um líder, hoje, são muito diferentes daquelas que foram essenciais há alguns anos. Criatividade, aprendizagem contínua, respeito a diversidade, a busca pela inovação, capacidade de formar times vencedores, ousadia, tolerância ao erro... Os líderes da Nova Economia são admirados e não temidos.

E de todas estas novas habilidades exigidas dos líderes atuais, a principal se resuma a frase de Abraham Lincoln“A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns.”

Na StartSe, desde o início, decidimos não ter cargos. Temos uma gestão quase horizontal, com liberdade para que todas as pessoas tomem pequenas decisões. E isso fez surgir diversos líderes, alinhados com vários anseios da empresa e do time.

E a partir destas experiências, adquiridas nesses quase 4 anos de crescimento exponencial na StartSe, buscando inspiração nos maiores polos de inovação mundial onde mantemos sede – Vale do Silício e China – criamos um novo conceito de gestão e liderança. E traduzimos isso num programa 3 dias.

StartSe Executive Program forma os líderes da Nova Economia. Em 3 dias, vinte pessoas se reúnem para, através de muito conteúdo, mentorias e “mão na massa”, desenvolver as habilidades necessárias para liderar as empresas que estão construindo o futuro.

Este programa é apenas para 20 pessoas e ministrado por mim e por pessoas que construíram coisas grandiosas baseadas nas habilidades que listei aqui. É transformador.

Para concorrer a uma das vagas, você precisa acessar o site, candidatar-se e aguardar o retorno do nosso time de seleção.

>> Clique aqui para ver os detalhes do programa e se candidatar

Apenas pessoas com o perfil adequado poderão participar. Afinal, liderança não é algo que pode ser imposto, é algo que deve ser conquistado.

Espero encontra-lo em breve. Torço para que você seja um dos aprovados e esteja conosco nesse treinamento.

Forte abraço!

Receba minha newsletter

Carregando...

Comentários