Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


TikTok quer ser a nova Amazon: entenda como rede social vai vender mais

O crescimento acelerado do TikTok já destronou gigantes, mas pela primeira vez ameaça a Amazon

TikTok quer ser a nova Amazon: entenda como rede social vai vender mais

, Jornalista

4 min

13 out 2022

Atualizado: 4 jan 2023

Parece que o jogo virou, Bezos: depois de rodar testes para implementar um feed mais parecido com o TikTok, agora a rede social que está implementando o modelo da Amazon. 

Como assim? Com o crescimento vertiginoso que o TikTok teve, ele começou a investir em comércio eletrônico através da TikTok Shop, uma opção de compra que funciona em alguns mercados. Assim como em outras redes sociais, a plataforma permite que criadores e comerciantes vendam produtos. 

Buscando uma experiência ainda mais ampla, o TikTok resolveu investir em suporte logístico. A proposta se tornou pública com os múltiplos anúncios de emprego que surgiram no LinkedIn nos últimos dias, relatados pela primeira vez pela Axios.

TikTok (Foto: Pexels)

“Ao fornecer devoluções de armazenamento, entrega e atendimento ao cliente, nossa missão é ajudar os vendedores a melhorar sua capacidade operacional e eficiência, fornecer aos compradores uma experiência de compra satisfatória e garantir um crescimento rápido e sustentável da TikTok Shop”, escreveu a empresa em um anúncio de vaga.

Um novo momento do varejo online?

A proposta da empresa é construir um sistema de atendimento de comércio eletrônico internacional, fornecer espaço físico para armazenamento de produto, auxiliar na entrega e no atendimento ao cliente. Ou seja, acompanhando toda a jornada de compra do consumidor não só como um meio.

Somado a isso, o TikTok tem acesso aos dados dos compradores e sabe o que está sendo mais buscado pelos usuários. Até o Google viu seu modelo de negócio ameaçado pela rede social. Agora ela pode, sabiamente, usar isso a seu favor.

Por que importa?


Com movimentos ágeis, a ByteDance, empresa proprietária do TikTok, vem dando grandes golpes no mercado, aumentando sua atuação e relevância. Não só as outras redes sociais sentem a ameaça, mas também grandes players como Google e agora Amazon. 

Isso, porque, ao construir sua própria cadeia de distribuição, o TikTok encontra um novo modelo de negócio, aumentando em controle e lucro. 

E antes de lançar, de fato, uma rede de distribuição, ela vem munindo sua rede internamente, explorando os recursos de live commerce, servindo como ferramenta de recomendação de produtos para criadores, e também testando recursos de compras por meio de acordo com o Shopify. 


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Jornalista focada em empreendedorismo, inovação e tecnologia. É formada em Jornalismo pela PUC-PR e pós-graduada em Antropologia Cultural pela mesma instituição. Tem passagem pela redação da Gazeta do Povo e atuou em projetos de inovação e educação com clientes como Itaú, Totvs e Sebrae.

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo