Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Startup de carne de plantas, The New Butchers recebe investimento internacional da Lever VC

O valor do aporte na empresa brasileira não foi divulgado, mas reforça a tendência de crescimento no consumo de carnes plant based.

Startup de carne de plantas, The New Butchers recebe investimento internacional da Lever VC

The New Fish, do The New Butcher (foto: montagem/divulgação)

, Head de Conteúdo na Captable

9 min

22 mar 2021

Atualizado: 11 jan 2023

Por Victor Marques

A foodtech brasileira The New Butchers recebeu um aporte de investimento da gestora americana de fundos de Venture Capital Lever VC. A quantia não foi divulgada, mas a decisão não é novidade na carteira da Lever, que já investiu em outras empresas de carne plant based, como Beyond Meat e Impossible Foods. O investimento do fundo, no entanto, reforça a relevância da startup no setor de carnes de plantas. Além da Lever VC, a startup tem como investidor Paulo Veras, o fundador da 99 (primeiro unicórnio brasileiro).

O valor recebido pela startup será utilizado principalmente nas áreas de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e marketing. A The New Butchers ainda espera que a visibilidade e conexões do fundo Lever facilitem a internacionalização da startup, embora o Brasil ainda seja o foco no curto prazo. A influência do fundo também deve facilitar a captação de futuras rodadas de investimento – trazendo ainda mais capital e conexões para crescer.

PRODUTOS OFERECIDOS

A New Butchers afirma que seu maior diferencial está na prioridade para o portfólio de produtos. E realmente, a variedade surpreende. Com apenas um ano e meio de existência, oferece opções de carne bovina, frango e salmão. As versões em formato de hambúrguer já são conhecidas, mas a startup também oferece filés. 

A startup ainda prepara para a páscoa produtos que emulam sabor e textura de bolinhos de bacalhau e sua versão de bacalhoada. O próximo desafio será o lançamento de sua versão da carne de porco, também feita de plantas, é claro.

the-new-fish

DIFERENCIAIS

A New Butchers afirma que seus produtos possuem sabor, textura e suculência muito próximos ao das carnes que busca reproduzir. Além disso, a empresa busca tornar o produto mais saudável, abrindo mão da gordura vegetal e da proteína de soja em favor da gordura de côco, proteína de ervilha e "sangue" de beterraba. Não há glúten, transgênicos ou aditivos. Por fim, além de eliminar esses ingredientes de sua formulação, enriquece o produto com vitaminas e ferro.

Os laboratórios de testagem também incluem vários diferenciais que vão desde a experimentação com proteínas de fontes vegetais além da ervilha (jaca, por exemplo) até equipamento que simula a mordida humana, com o objetivo de aproximar ao máximo a textura do produto vegetal à versão animal original.

O investimento da Lever não ocorreu à distância: um time veio ao Brasil conhecer a fábrica, o portfólio e provar os produtos. Além disso, exploraram o setor de inovação da startup, por fim decidindo investir na empresa. Isso demonstra o quão acertada foi a decisão da startup em focar no desenvolvimento de um amplo portfólio de produtos e tecnologia para desenvolver produtos plant based ainda mais indistinguíveis dos alimentos com origem animal.

Bruno-Fonseca-Fundador-The-New-Butchers

Além dos diferenciais já citados, a The New Butchers ainda conseguiu atingir a marca de apenas 10% de ingredientes importados, número que era de 85% em seu princípio. Com a popularização e aumento da produção, o segmento deve começar a apresentar preços mais atrativos ao consumidor, diminuindo as barreiras de entrada e aumentando o consumo desse tipo de produto pelos brasileiros.

Linha de produtos The New Butcher (foto: divulgação)

MERCADO

O mercado das opções plant-based deve ter expansão significativa nos próximos anos. O UBS, banco suíço, estima que o setor deve crescer 28% ao ano até 2030, atingindo US$ 85 bilhões. Com tanto crescimento, não é surpreendente que a concorrência já esteja acirrada – e deva continuar aumentando progressivamente.

No Brasil, a Fazenda Futuro é o concorrente mais conhecido, mas vem ganhando competidores internacionais como a chilena NotCo, que já oferece maionese, leite e hambúrguer de carne plant based no país. 

Alguns representantes do setor de proteína animal também buscam seu espaço na oferta de produtos do segmento. Marfrig, BRF e JBS já oferecem opções vegetarianas com linhas de produto como Sadia Vegetal, Incrível e Seara Gourmet.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Victor Marques é Head de Conteúdo na Captable, maior hub de investimentos em startups do Brasil, que conecta seus mais de 7000 investidores a empreendedores com negócios inovadores. Escreve há mais de dois anos sobre inovação. Formado em Letras e Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo