Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

Por que o investimento em startups está mudando?

O nome "ecossistema de startups" faz cada vez mais sentido. Um dos maiores fundos de Venture Capital do mundo agora investe em uma aceleradora – por que a colaboração está em alta?

Por que o investimento em startups está mudando?

por-que-o-investimento-em-startups-esta-mudando. (Foto: GettyImages).

Por Victor Marques, da CapTable Brasil.

A a16z, também conhecida como Andreessen Horowitz, é uma das gestoras de fundos de Venture Capital de mais sucesso no mundo, tendo investido em empresas como Twitter, Facebook, Stripe e Airbnb antes de serem negociadas na Bolsa de Valores. Agora, a a16z anunciou uma aposta diferente: a gestora está liderando uma rodada de investimento de US$ 23 milhões na Prologue, uma mistura de aceleradora com comunidade de testes.

A Prologue é uma união da aceleradora Hyper e da plataforma de testes Product Hunt. A Product Hunt é utilizada por grandes nomes, como Stripe, Shopify e Zoom, para testar produtos e funcionalidades, antes da chegada no software público. A ideia é que a Prologue seja uma esteira: com a Product Hunt identificando oportunidades, em estágio bastante inicial, e a Hyper buscando os investimentos necessários para essas startups.

O mais surpreendente de tudo isso? Esse é um movimento curioso, com uma gestora de fundo de Venture Capital investindo em uma aceleradora. Afinal, os dois players não seriam concorrentes? Não exatamente… entenda a colaboração no investimento em startups e a motivação.

MOTIVAÇÕES

Na onda de crescimento dos softwares e com a Web3 sendo o próximo salto da computação, nunca houve hora melhor para fundar uma startup. Também, enquanto o mundo se recupera da pandemia, a forma como trabalhamos e vivemos mudou. Por isso, as startups relevantes não estão mais restritas ao Vale do Silício. Com isso, novas oportunidades se abrem para startups do mundo todo.

Para não ficar de fora dessas oportunidades, a a16z viu na Prologue uma oportunidade de investir nessa nova visão, que combina funding, distribuição, comunidade e expertise para fundadores de startups do mundo todo. 

É bastante difícil criar uma startup e conquistar a atenção das pessoas. Os manuais de sucesso não fazem mais o mesmo sentido, com estratégias de mídia tradicional e marketing pago – que funcionavam dez anos atrás para lançar uma empresa – são menos eficientes agora. As vantagens combinadas da Prologue são a aposta para esse cenário em constante mudança.

Um fundo de investimento, unido a uma aceleradora e uma plataforma de comunidade; liderados por um time com experiência em avançar startups e conexões com a comunidade de inovação foi a solução encontrada pela a16z para entrar, de forma inteligente, nos estágios mais iniciais – e globais – das startups. Um verdadeiro ecossistema. Mas, afinal, por que se usa a palavra ecossistema quando se fala de startups?

CADA VEZ MAIS ECOSSISTEMA

Diferente do mundo das big techs, as startups entendem que precisam colaborar para crescer. Como incumbentes, unem forças para mudar regulações, percepções e o comportamento do mercado. São, muitas vezes, concorrentes, mas ainda existe um clima de comemoração pela vitória do outro – um senso de que o caminho aberto por uma startup deixa a estrada mais livre para a próxima que se aventurar em algo semelhante.

Além das startups em si, o ecossistema se refere também aos diferentes tipos de investidores que possibilitam que as startups sobrevivam até de fato conquistarem clientes suficientes para ter lucro. O capital desses investidores combinados funciona como uma corrida de revezamento, ainda que algumas classes de investidores sejam mais ativas em determinados tipos de rodada.

Mas além de uma corrida de revezamento, investir em startups é um "esporte" de equipe. Os empreendedores e os investidores perceberam que rodadas que combinam as forças de anjos, aceleradoras, hubs de investimento e fundos, têm mais chance de gerar valor para os investimentos de todos.

O movimento da a16z é mais uma comprovação disso. O ecossistema de startups não comporta exclusividade. Das rodadas maiores, com diversos fundos participando; até as menores, com diferentes tipos de investidor, é difícil encontrar uma rodada independente.

POR QUE IMPORTA?

Foi percebendo o valor das rodadas conjuntas, unindo todo tipo de investidor, que a CapTable passou a oferecer rodadas com coinvestimento de fundos, grupos de anjo, aceleradoras e empresas de participação. Muito similar a aposta da a16z, o valor visto pelo hub de investimento está na união de investidores diversos: da comunidade de investidores do varejo aos investidores institucionais.

A rodada da Fotoploc na CapTable, por exemplo, conta com o coinvestimento da Cotidiano, aceleradora com foco em projetos digitais e inovadores; do Garan Ventures, boutique de investimento em startups digitais; e da Moai Participações, micro-VC com investimentos em startups inovadoras do early-stage a série A.

Com essa validação cruzada, proporcionada pela análise de diferentes players independentes, os investidores do varejo se sentem mais seguros ao mesmo tempo que os empreendedores recebem valor – durante e após os investimentos – de todos os participantes da rodada. 

Quer saber antes sobre startups inovadoras e ter a chance de ser sócio desses negócios com crescimento acelerado? Conheça a CapTable, hub de investimento em startups da StartSe. Para ficar sabendo em primeira mão de novas oportunidades e entrar na Nova Economia em 2022, participe do grupo exclusivo do Telegram para avisos de novas captações! 


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo