Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Mais um? Méliuz lança banco digital e aposta em diferenciais

Em um mar de bancos digitais, Méliuz faz sua aposta para se destacar: cashback, cripto e tecnologia.

Mais um? Méliuz lança banco digital e aposta em diferenciais

mais-um-meliuz-lanca-banco-digital (Foto: Méliuz/Divulgação).

Por Victor Marques, da CapTable Brasil.

Depois de anunciar seu novo cartão de crédito – com criptoback, cashback em bitcoin – o Méliuz anunciou a estrutura que utilizará para suportar as novidades. A conta digital é o novo produto da fintech, em um novo app, a startup integrará sua popular solução de cashback a serviços financeiros diferenciados.

A CONTA DIGITAL

Ciente da diversidade de opções de conta digital e carteiras de pagamento, o Méliuz já chega contando o que fará diferente: a conta deve unir cashback, criptoback, cartão de crédito, investimentos – inclusive em bitcoin e muita tecnologia. Os 22,4 milhões de usuários cadastrados em sua plataforma atual, 9,4 milhões deles ativos no último trimestre de 2021, devem ser o ponto de partida para utilizar o novo aplicativo.

Com lançamento para essa base previsto até o final de fevereiro ou início de março, o Méliuz pretende oferecer empréstimo pessoal, seguros e disponibilizar mais criptomoedas. A migração dos usuários para o novo app – e para a conta digital – não será automática e exige autorização do consumidor.

O lançamento do novo aplicativo também marca a estreia do novo cartão de crédito da fintech. Pelo menos 700 mil pessoas já fizeram o pré-cadastramento para o cartão. O novo cartão também representa uma nova fonte de receita: diferente da antiga versão, onde atuava apenas como distribuidor, agora o Méliuz passa a rentabilizar em cima do cartão de crédito próprio.

A conta digital também aposta na popularização das criptomoedas. Será possível comprar e vender Bitcoin, usar saldo da conta para fazer compras com o cartão pré-pago Mastercard – com cashback que pode ser transferido via Pix, em caixas eletrônicos ou convertido em Bitcoin.

O cashback em criptomoeda também deve ser, opcionalmente, automático em breve. Ou seja, ao escolher o criptoback o dinheiro de volta já será convertido em BTC pela cotação do momento.

COMO CHEGOU AQUI?

Olhar para a história de aquisições do Méliuz permite, em retrospecto, traçar um caminho que revela a estratégia que a fintech começa a colocar em prática. Duas delas, ficam bastante claras: a aquisição da Acesso Bank, que foi anunciada em 2021 e ainda precisa da aprovação do Banco Central, já possibilitou utilizar a base tecnológica como cliente para desenvolver a conta digital.

Também em 2021, o Méliuz adquiriu o Alter – startup que captou R$ 2,1 milhões na CapTable. O Alter já oferecia uma conta digital, com critptoback, transações de criptomoedas e cartão Mastercard. Claramente, muito do produto, know-how e tecnologia do Alter foi empacotado no novo produto do Méliuz.

POR QUE IMPORTA?

Com o lançamento da conta digital, o Méliuz amplia sua atuação no segmento financeiro, conquistando presença em mais partes da jornada de compra dos seus usuários, entregando uma experiência completa – o que, por fim, levará tráfego de qualidade e vendas aos parceiros.

Analisar as aquisições e como foram essenciais para o desenvolvimento do novo produto também permite entender as motivações por trás das decisões de empresas que buscam adquirir startups. E, também, como podem ser fundamentais para expandir o portfólio de produtos das empresas compradoras.

Quer saber antes sobre startups inovadoras e ter a chance de ser sócio desses negócios com crescimento acelerado? Conheça a CapTable, hub de investimento em startups da StartSe. Para ficar sabendo em primeira mão de novas oportunidades e entrar na Nova Economia em 2022, participe do grupo exclusivo do Telegram para avisos de novas captações! 


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo