Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

"IPO" da Coinbase e os efeitos no mercado de criptomoedas

Coinbase abre seu capital através de Direct Listing na Nasdaq. O que isso significa para o mercado de criptomoedas?

"IPO" da Coinbase e os efeitos no mercado de criptomoedas

7 min

14 abr 2021

Atualizado: 11 mai 2022

Por Victor Marques

A Coinbase, maior exchange americana de criptomoedas, abriu seu capital (através de Direct Listing) na Nasdaq, segunda maior bolsa de valores de Nova York, onde as negociações de empresas de tecnologia se concentram. O preço de referência das ações foi definido pela Nasdaq em US$ 250 dólares, com esse preço o valor total da empresa ficaria acima dos US$ 49 bilhões. 

A expectativa do mercado, no entanto, era de que a chegada da exchange na Bolsa de Valores quebraria recordes e as ações fossem negociadas por valores ainda maiores, com previsões mirando o valuation de US$ 100 bilhões, podendo chegar até US$ 140 bilhões. Pouco após a abertura, as ações atingiram o valor de US$ 424, valor superior ao de abertura (US$ 250).

Duas horas após a abertura, no entanto, o valor está flutuava em torno de US$ 330 dólares por ação. Com isso, o valor da Coinbase ficou próximo dos US$ 85 bilhões. Caso haja um aumento do valor, é possível que o valor de mercado da Coinbase atinja US$ 100 bilhões (ou mais).

Com isso, o valuation da empresa seria superior ao market cap (capitalização, uma estimativa do valor de mercado) da NYSE (New York Stock Exchange) e Nasdaq combinadas. Para efeito de comparação, o valor de mercado da Coinbase está em linha com o valor da BP, gigante petrolífera britânica que já foi a quinta empresa mais valiosa do mundo.

Os efeitos da abertura de capital já foram percebidos na cotação das criptomoedas, batendo recordes de valorização durante a madrugada anterior à abertura de capital, mas já recuaram após as expectativas mais otimistas não serem concretizadas.

O QUE É DIRECT LISTING

A listagem direta, ou direct listing, vem ganhando força nas bolsas americanas. O modelo é diferente do IPO pois novas ações não são emitidas. Neste modelo, as ações existentes, de investidores privados, podem ser colocadas à venda em uma bolsa de valores como a NYSE ou Nasdaq.

As grandes vantagens são a menor burocracia e taxas pagas a bancos, além do maior controle na definição do preço da ação. O modelo atrai empresas que já possuam muitos clientes (e, consequentemente, apoiadores) e não precisam do apoio de Wall Street para atrair investidores.

O QUE É A COINBASE?

A Coinbase é uma exchange de criptomoedas, nome dado aos players que possibilitam a compra e venda dos ativos digitais. A empresa possui sede em San Francisco, nos EUA e já opera em 190 países, com mais de 56 milhões de clientes verificados - base de clientes que vem crescendo em 1 milhão de usuários por semana - e adicionando US$ 10 bilhões por semana em ativos digitais armazenados na plataforma pelos usuários.

A empresa foi fundada em 2012 e em março deste ano se tornou a maior plataforma, em volume de transações, de criptomoedas nos EUA. Com a alta das cotações das criptomoedas neste ano, especialmente do Bitcoin, a empresa divulgou um aumento de 9 vezes em sua receita do primeiro trimestre (US$ 1,8 bilhão).

EFEITOS NO MERCADO

A operação da Coinbase se tornou tão grande que a Fortune identificou um "Efeito Coinbase": assim que uma criptomoeda passa a ser negociada na plataforma, seu valor sobe consideravelmente. Indicando que há grande papel da plataforma na aceitação de uma criptomoeda, podendo ser determinante para a popularização de um ativo ou seu fim.

A entrada da Coinbase na Bolsa de Valores também deve gerar efeitos em todo mercado de cripto. Assim como a presença de uma moeda na plataforma aumenta a confiança dos investidores de criptomoedas, a presença de uma exchange de criptomoedas na Bolsa deve aumentar a confiança dos investidores tradicionais de ações nos criptoativos como um todo.

A influência nas cotações de criptomoedas já começaram a aparecer desde antes da abertura do capital. Com a expectativa, o Bitcoin chegou a atingir a marca de US$ 64 mil, máxima histórica, na manhã de hoje (14/04).

Após a abertura das negociações das ações da Coinbase, o Bitcoin apresentou forte queda (de 4,6%), saindo da alta histórica (aproximadamente US$ 64 mil) para US$ 61 mil. O que pode ser um reflexo das expectativas otimistas demais para o valor das ações da Coinbase após a abertura do seu capital na Bolsa.

app-da-coinbase-maior-exchange-americana-em-volume-transacionado

POR QUE IMPORTA?

Embora a escolha da Coinbase em abrir seu capital em uma Bolsa de Valores tradicional possa ser uma decepção para os puristas das criptomoedas - que veem bolsas de valores como convencionais e ultrapassadas, preferindo que essa negociação já ocorresse em uma blockchain - o movimento marca a entrada da primeira empresa focada em criptomoedas a entrar na Bolsa de Valores. Com isso, as criptomoedas devem ganhar ainda mais confiança e o mercado fica ainda mais aquecido.

Outro efeito deve ser o maior apetite de outras exchanges para abrir seu capital nas Bolsa de Valores. No Brasil, há rumores de que o Mercado Bitcoin está de olho nessa movimentação para ter um parâmetro de valor de mercado adequado para abrir seu capital por aqui.

O efeito de aumento de confiança gerado pela abertura de capital na Nasdaq provavelmente não seria atingido em uma negociação fora da Bolsa, pois o investidor tradicional e o mercado como um todo ainda veem relevância na aprovação e sucesso das negociações de ações de uma empresa na Bolsa. O efeito deve ser ainda maior caso as expectativas de recordes de negociação sejam atingidos nos próximos dias. A pergunta que fica é: o valor de mercado da Coinbase vai continuar influenciando, tanto positivamente quanto negativamente, as criptomoedas depois do fervor inicial?


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo