Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


4 segredos para escalar uma startup durante uma recessão

Empreendedores que focarem no produto, na retenção de talentos e na construção de uma cultura forte terão mais chances de passar por esse período. Saiba mais.

4 segredos para escalar uma startup durante uma recessão

, Head de Conteúdo na Captable

6 min

15 set 2022

Atualizado: 11 jan 2023

Por Juliana Irala, da Captable Brasil.

Nem tudo é mais difícil em uma recessão. Algumas coisas ficam até mais fáceis. As quedas do mercado removem distrações e ampliam problemas implorando por soluções imediatas. Grandes empresas como Microsoft, WhatsApp, Instagram e Uber emergiram durante momentos de recessão e são uma prova de que as crises premiam a inovação.

As manchetes podem acentuar as mudanças do mercado, mas há casos que provam que sucesso é possível. Assim, aqui estão quatro dicas para como escalar uma startup durante um período de recessão:

1. SEJA CERTEIRO SOBRE O QUE OS CLIENTES QUEREM

O capital antes abundante permitiu que muitas startups crescessem mesmo não apresentando lucro. Não mais. Agora, os empreendedores têm que concentrar seus esforços no que realmente gera receita e atrai clientes, deixando de lado orçamentos inchados e projetos paralelos. Tudo isso para que possam permanecer no jogo.

2. AINDA HÁ DINHEIRO NA MESA

O dinheiro deu uma “secada”, mas se os empreendedores precisarem de dinheiro, ainda têm onde encontrar – especialmente para aqueles de empresas em estágio inicial. Os investimentos em Série A podem ter atingido o pico em 2021, mas permanecem historicamente altos… Ou seja, os investidores ainda têm grandes quantias de capital esperando para serem investidas.

Mas para conseguir o cheque, os empreendedores têm de ser mais do que apenas bons no pitch; têm que apresentar números. Uma base de clientes em crescimento, forte retenção e baixas taxas de queima de caixa abrirão as portas para oportunidades de investimento. 

Nesse momento, também não é útil focar no preço das ações ou valuation. Afinal, elas sobem e descem. O importante é levantar o capital necessário para escalar o negócio, já que as startups que permanecerem no jogo poderão recuperar suas valorizações nas rodadas posteriores.

Quando o assunto é como gastar o dinheiro, a chave é estratégia. Para os empreendedores: deem uma atenção às despesas gerais e negocie, e, então, volte a olhar para o recurso mais importante: a equipe.

3. NÃO FAÇA PAUSA EM CONTRATAÇÕES IMPORTANTES

Muitas startups congelam as contratações durante recessões ou tomam decisões mais drásticas, como demissões em massa (as tão faladas no noticiário…). Mas há algo fundamental em jogo aqui: sem pessoas, a startup não consegue crescer.

Lembre: as recessões oferecem uma enorme vantagem de recrutamento à medida que os concorrentes não estão olhando para o mercado.

4. USE A ADVERSIDADE E TRANSPARÊNCIA PARA REUNIR A EQUIPE

Agora não é hora de segredos ou chavões. A equipe também acompanha as notícias e têm noção do que está acontecendo no mercado e, por isso, é importante ser transparente sobre onde a empresa está.

A comunicação frequente é fundamental. Uma semana é muito tempo para esperar por atualizações quando a pista é meses, e não anos. 

POR QUE IMPORTA?

A inflação está em alta e o mercado em baixa. Mas isso não precisa sinalizar o fim da próxima geração de empreendedores. As recessões fazem os empreendedores entrarem em modo de “luta” e aqueles que sobreviverem vão emergir ainda mais fortes.


Assuntos relacionados

Imagem de perfil do redator

Victor Marques é Head de Conteúdo na Captable, maior hub de investimentos em startups do Brasil, que conecta seus mais de 7000 investidores a empreendedores com negócios inovadores. Escreve há mais de dois anos sobre inovação. Formado em Letras e Mestre em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo