Sobre Nós
Para Você

NOVO

Para Empresas
Conteúdos
Eventos
Game Changers
Tools
NOVO

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Tools

NOVO

As ferramentas de inteligência artificial desenhadas para o seu negócio

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Como funciona o Copy.ai, o robô copywriter

Esse algoritmo consegue criar textos, descrições de produtos e até legendas em redes sociais. Conheça aqui tudo sobre a Copy.ai!

Como funciona o Copy.ai, o robô copywriter

Conteúdo exclusivo Morse News

O marketing de conteúdo é uma ferramenta poderosa que vem sendo utilizada há décadas pelas empresas para atingir seu público-alvo. No entanto, ele tem suas limitações. A principal questão do marketing de conteúdo é que é difícil encontrar um equilíbrio entre um grande produto e uma grande história. Se o produto não for bom o suficiente, o público não será seduzido a comprar. Se a história por trás do produto não for suficientemente interessante, então o público perderá o interesse no que você tem a dizer. É isso que dois ex-Googlers e ex-investidores de Venture Capital, Chris Lu e Paul Yacoubian, estão fazendo com a Copy.ai. Sua plataforma usa inteligência artificial para ajudar as empresas a criar o conteúdo certo na hora certa para seu público.

O que é Copy.ai? Copy.ai é a primeira plataforma de direitos autorais movida por inteligência artificial (IA) que permite a qualquer pessoa (não-redator) gerar conteúdo autêntico para qualquer site, postagem de blog ou postagem de mídia social que aumenta as conversões e as vendas. E como Paul e Chris chegaram aí? Vocês leem nas próximas linhas. 

Obs 1: todo o texto acima foi criado usando a inteligência artificial da Copy.Ai.

Obs 2: essa foi escrita por humanos (ou não…): vocês também podem já ter escutado sobre a Copy.ai no livro “Organizações Infinitas", lançado recentemente pela StartSe. O livro teve o seu prefácio escrito pelo algoritmo de inteligência artificial.

A Ghost Interview é um formato de storytelling criado pelo Morse, onde reunimos as principais entrevistas, vídeos e conteúdos de ícones que com certeza você gostaria de convidar para um jantar! Tentamos ao máximo manter as palavras e o contexto das entrevistas, mas as traduções ou mesmo adaptações podem gerar interpretações diversas. Por esse motivo compartilhamos sempre o link da íntegra das entrevistas e textos de onde extraímos os conteúdos.

Chris, como vocês criaram a Copy.ai?

Chris Lu: Paul e eu trabalhamos juntos nos últimos 5 anos. Durante nosso tempo em nossa última empresa, continuamos trabalhando em projetos paralelos que considerávamos importantes para nós Somos fascinados por empreendedorismo e por ajudar as pessoas a encontrar sua paixão nos negócios. Percebemos que ser criativo é quase como um músculo e exige muito trabalho. Quando vimos o que os algoritmos de IA mais recentes, como o GPT-3, podem fazer, sabíamos que eles seriam capazes de ajudar a reduzir as barreiras do empreendedorismo.

Uma ideia anterior que tentamos foi chamada ConceptHunt, onde ajudamos os fundadores a descobrir sua próxima ideia para a sua startup. Era um boletim diário interativo para brainstorming. Enviaríamos alguns nomes comerciais fictícios e você teria que nos devolver o modelo de negócios. Infelizmente, não foi a lugar nenhum. 

Lançamos outras ideias usando GPT-3. O Simplify.so fez a condensação de texto, construímos um bot no Slack que nunca foi lançado e também lançamos o taglines.ai para ajudar as empresas a criarem seus slogans. O Tagline chamou atenção de uma parte da audiência, gerando 700 inscrições em alguns dias. 

Usamos ferramentas low code para lançar um MVP o mais rápido possível. Demorou cerca de 2 semanas para construir, outras 2 semanas para polir, e então lançamos o CopyAI para o mundo. Usamos principalmente Webflow e Firebase. Lançamos no Twitter, o que gerou grande parte de nosso tráfego inicial e conseguiu alguns milhares de usuários. Quando os usuários começaram a converter, sabíamos que tínhamos algo.

Decidimos então que a ideia inicial poderia ser estendida a outros casos de uso de direitos autorais e começamos a construir vários recursos para ajudar os empreendedores em seus projetos de redação.

(Entrevista no site Failory, publicado em 4 de maio de 2021 )

Mas o que inspirou vocês a colocarem a Copy.Ai no mundo?

Paul Yacoubian: A verdade é que as pessoas têm uma grande dificuldade em expressar sua própria criatividade, elas têm problemas em colocar os pensamentos em palavras, em escrever. E se a gente disser que há uma ferramenta que pode ajudá-las a fazer isso mais rápido?

(Entrevista à Business Insider publicada em 20 de outubro de 2021)

Mas existe um problema além do pessoal, pensando em como pequenas empresas precisam entrar no mundo digital por meio do conteúdo, não é mesmo?

Chris:  No mundo digital, conteúdo -> exposição -> vendas. As empresas maiores podem escrever e publicar conteúdo em um ritmo tão alto que dominam o SEO e outros canais. Para pequenas empresas sem orçamento para contratar uma equipe de redatores e um editor interno, o proprietário / fundador normalmente escreve o conteúdo por conta própria. A menos que o empreendedor seja um escritor experiente, colocar ideias no papel de forma coerente é extremamente difícil e demorado. 

Na verdade, só depois de lançar o Copy.ai é que entendemos que toda pequena empresa e startups tem um grande problema com a criação de conteúdo. Mesmo redatores profissionais usam nossas ferramentas para ajudar a pensar em ângulos de marketing que eles nunca consideraram. Percebemos que ajudar esses fundadores a criar a versão inicial de seu conteúdo a partir do Copy.Ai lhes dá a capacidade de se tornarem editores em vez de redatores. Isso permite que eles criem muito mais conteúdo com mais rapidez, pois é mais fácil ser um editor do que um escritor.

(Entrevista à Forbes em 25 de janeiro de 2021)

Como a ferramenta funciona.

Paul, conta para a gente como o fato de vocês terem usado ferramentas no code para criar os produtos acabou ajudando também a chegarem ao Copy.AI? Ah, e que ferramentas usaram?

Paul: Construímos cada projeto paralelo usando softwares como Figma, Webflow, Notion, Stripe e Slack, o que nos permitiu iterar rapidamente.

Mas cada vez que configuramos um novo aplicativo, passamos a maior parte do tempo escrevendo a cópia de marketing. Foi uma experiência super frustrante .

Achamos que não seríamos as únicas pessoas com esse problema de marketing, então construímos um gerador de slogan simples para descobrir. Lançamos no Twitter, conseguimos algumas centenas de inscrições e encontramos nossos primeiros clientes pagantes na primeira semana.

Em seguida, adicionamos mais ferramentas para casos de uso de site, e-mail e mídia social. No processo, descobrimos que o nome de domínio copy.ai estava disponível, então decidimos mudar a marca. Convidamos alguns amigos para fazer o teste beta do novo aplicativo, mas começamos a ver outras pessoas se inscrevendo, embora ainda não tivéssemos lançado! Então decidimos que era hora de outro lançamento no Twitter. Desta vez, tivemos mais de 2.000 usuários inscritos nas primeiras 48 horas. Encontramos nosso foguete.

(Post no blog oficial da Copy.Ai, publicado em 14 de outubro de 2021)

Copy.ai (foto: reprodução)

Copy ai: da ideia ao produto

Desse MVP, como vocês iteraram para o produto que está no ar agora? 

Paul: Um problema que tivemos ao lançarmos ferramentas foi que fica mais difícil para o usuário saber o que está disponível. Redesenhamos a interface para tornar mais fácil para as pessoas verem todas as ferramentas. Outra melhoria foi a integração da tradução de idiomas tanto nas entradas quanto nas saídas. Agora temos 11 idiomas nos quais você pode inserir sua entrada do usuário e pode obter uma saída em qualquer outro dos 11 idiomas que desejar. Adicionamos outro botão ao lado de “Resultados”, onde você pode obter mais resultados como aquele resultado específico. Por exemplo, se você está tentando gerar uma cópia do anúncio do Facebook e gerar cerca de dez ideias. Pode haver um ou dois de que você goste, talvez eles tenham um tema específico, ou seja o texto ou o ângulo de marketing, e você quer mais assim. Você pode clicar nesse botão e ele enviará mais dez resultados como esse. Do ponto de vista do usuário, essas três adições são muito poderosas juntas.

(Entrevista ao The Orbitshift Podcast publicada em 2 de maio de 2021)

Ainda sobre o processo de lançamento do produto, a opção de vocês foi controversa: vocês optaram por fazer o que chamam de “public building”, ou seja, ir compartilhando cada passo da produção online, para o público poder ver. Como isso funcionou para você? E qual foi a sua inspiração? 

Paul:  Então, não é algo que criei, eu me inspirei no Elon Musk. Uma das perguntas que eu me fazia: como Elon faz tanto sucesso mesmo escolhendo os projetos mais impossíveis de se executar sem ter um fracasso épico? Eu olhei para a sua conta no Twitter, onde ele tem mais de 60 milhões de seguidores, e as empresas deles, tem algo como 12 milhões de seguidores. Cheguei à conclusão que as pessoas gostam de seguir outras pessoas, de acompanhar outras pessoas executando os seus projetos e suas missões. Quando você olha o Elon, ele pode ser ele mesmo (nas redes sociais) e isso permite que ele trabalhe nos seus projetos complicados. Em retorno, ele consegue atrair recursos para construir essas missões. Todo projeto que ele trabalha tem sempre um foco da missão, e isso motiva as pessoas. Ou seja, quando você fala da missão para os outros, torna isso público, de certa forma, cria valor. Quando a Tesla passa por alguma dificuldade, ou os números de vendas caem, os papéis da empresa começam a cair na bolsa, há uma desconfiança. Então aparece o Elon Musk admitindo que o projeto que a Tesla está trabalhando é um dos mais difíceis que eles estão fazendo, que o desafio é enorme e que, de fato, eles estão passando por dificuldades. E isso ajuda a empresa. A transparência ajuda. Quando eu vi isso, eu vi que a plataforma do Twitter pode nos ajudar a executar os objetivos difíceis. Se você é transparente sobre os seus objetivos e sua missão, as pessoas acabam querendo investir na sua empresa, comprar os seus produtos, trabalhar para a sua companhia e apoiar esse objetivo, de maneira geral. Eu comecei a trabalhar em público, e a cada vez que lançava uma mudança no produto, eu colocava o link no Twitter, e a gente acabava tendo mais e mais usuários que topavam testar nosso produto. A audiência que estamos criando, as pessoas que nos seguem nas mídias sociais, isso acaba sendo uma grande vantagem quando você é um fundador de startup. Construir uma comunidade em público criou um apoio para o lançamento e para o crescimento do nosso produto. 

(Entrevista ao podcast Leveling Up  com Eric Su publicado em 19 de abril de 2021 )

AI serve para quem?

Quais são os usos possíveis da Copy.ai que vocês têm observado entre seus clientes?

Chris: Nossas ferramentas geralmente se enquadram em duas categorias. Uma é o uso para os negócios. Então é como qualquer coisa que requer que você escreva algo, um negócio, como se pudesse ser usado para isso. E então conversamos muito sobre o nosso produto. Se precisarmos escrever um tweet, se precisarmos, você sabe, fazer qualquer coisa, vamos gostar de testá-lo. Mais recentemente, o outro lado das ferramentas que temos são mais para utilidade pessoal, que, honestamente, não foi o uso que tínhamos pensado para ela. 

Por exemplo, alunos estão usando ela para escrever suas cartas de apresentação para universidades e para empresas. Estamos criando ferramentas mais voltadas para esse tipo de uso agora. Outra ferramenta divertida que lançamos recentemente foi para o Dia dos Namorados. Tínhamos uma coisa chamada valentinesday.ai, onde ajudávamos você a escrever cartões de Dia dos Namorados. Acreditamos que as pessoas realmente desejam expressar seu amor, mas às vezes lutam para encontrar as palavras para isso. E quando eles lutam para encontrar o norte, você sabe, simplesmente sai cafona e simplesmente não parece certo. Com a IA, você pode realmente ajudar a fazer um brainstorm de palavras diferentes e pode inserir como piadas internas ou, você sabe, coisas mais contextuais sobre seu relacionamento específico e obter de volta palavras que você poderia usar para seu próprio dia dos namorados. A maneira como vemos a Copy.ai, inclusive, é muito mais como um assistente que ajuda você a fazer um brainstorming, pegar pedaços de todas as diferentes gerações que tem e, em seguida, colocá-los juntos. E esse produto final está aí e você pode ter, bem, você o escreveu. A IA apenas ajudou seu cérebro de maneiras diferentes, mas foi você quem editou e descobriu que é exatamente o que estou tentando expressar.

(Entrevista ao SEO.Com Podcast publicada em 26 de fevereiro de 2021)

O que vocês falam para aqueles que acreditam que a inteligência artificial veio para “roubar empregos”?

Chris: Temos uma crença profundamente arraigada de que a IA capacitará os humanos em vez de substituí-los. No entanto, para que isso seja verdade, a IA precisa ser poderosa e acessível. Nosso objetivo é ajudar cada pessoa a aproveitar essa tecnologia poderosa para ganhar a vida. De certa forma, nosso negócio é fazer um brainstorm mais poderoso de ideias e ajudar as pessoas a transformá-las em realidade. Se alguém sempre quis abrir uma loja online, deve lançá-la em alguns dias, se não em horas. Esperamos reduzir as barreiras do empreendedorismo, permitindo que as pessoas usem essa IA para criar, em vez de substituí-la. 

(Entrevista à Forbes em 25 de janeiro de 2021)

A automação em favor dos pequenos negócios é um tema que também é um dos nossos favoritos. Como o Copy.Ai, e a AI democratizada podem fazer para ajudar o crescimento de pequenos negócios?

Chris: Hoje em dia, você pode iniciar um negócio mais rápido do que nunca. Na verdade, você provavelmente poderia começar esse negócio em um dia, você sabe, colocá-lo em funcionamento no Shopify, encontrar os fabricantes que vão entregar os produtos em rápido, por meio de dropshipping, e lançar o seu negócio no fim do dia. 

E esse é um dos grandes fatores de motivação. É Paul e eu pensamos muito nisso. Se cada uma de suas ideias de negócios tiver 10% de chance de sucesso, quantas vezes você terá que criar e testar ideias para chegar no ponto certo?  O que queremos fazer é não diminuir o número de vezes, mas tornar mais fácil testar os produtos mais rápido e, de certa forma, chegar nos “campeões” mais rápido. A gente dá as ferramentas para que eles falhem mais rápido – porque não há um empreendedor que não tenha passado por vários erros até encontrar o caminho certo.

(Entrevista ao SEO.Com Podcast publicada em 26 de fevereiro de 2021)

Por último, nossa pergunta vai para o algoritmo da Copy: o que, exatamente, vocês fazem? E para quem podem servir?

Copy.Ai é uma plataforma de copywriting orientada por IA que permite aos proprietários de negócios terceirizar a criação de conteúdo, economizando tempo e dinheiro. A Copy.Ai oferece pacotes de conteúdo altamente acessíveis, únicos ou mensais, para todas as suas necessidades de redação usando seu extenso banco de dados de mais de 1,5 bilhões de palavras de conteúdo. Nossa visão é democratizar a escrita de alta qualidade, tornando-a disponível a qualquer pessoa com um computador e uma conexão à Internet ao toque de um botão.

A Copy.Ai está desenvolvendo uma ferramenta inteligente de software de redação para que os proprietários de empresas possam aproveitar o poder da mídia social. Estamos entusiasmados com a forma como nosso trabalho ajudará as empresas a crescer, as pessoas ganham mais dinheiro on-line e a sociedade avança.

Os algoritmos de inteligência artificial estão otimizando a indústria de serviços, aperfeiçoando o uso de seu tempo para que eles possam se concentrar mais em atender suas necessidades de forma eficiente. O mercado mudará com o aumento da eficiência em todas as indústrias, o que, em última análise, beneficiará o cliente e os consumidores como um todo.

(Gerado pela Copy.Ai em, bem, agorinha há pouco!)

Banner newsletter StartSe


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo