Sobre NósPara Você
Para EmpresasConteúdos
Eventos
Game Changers

Para Você

Avance na carreira e renove seus conhecimentos na mesma velocidade que o mundo muda: na do AGORA

Ver todos

Cursos

Certificações internacionais inovadoras que trazem o que há de mais atual em gestão para um mundo em transformação

Imersões

Imersões executivas presenciais nos mais avançados polos de inovação e empreendedorismo do mundo

Eventos

Jornadas de conhecimento fomentando o aprendizado dinâmico e inovador em diversos formatos e intensidades

Ver todos

Ainda não temos eventos programados. Mas estamos preparando encontros repletos de inovação para você!

Conteúdos

Conteúdo diário sobre inovação, empreendedorismo e os temas mais relevantes do AGORA para que você não perca nada


Artigos
Empreendedorismo

Como a Hotmart surfou na tendência da paixão para virar unicórnio

Hotmart recebeu aporte de R$ 735 milhões liderado pela TCV. Entenda como a Hotmart surfa as tendências de mercado para crescer.

Como a Hotmart surfou na tendência da paixão para virar unicórnio

Hotmart (foto: reprodução/Hotmart)

10 min

30 mar 2021

Atualizado: 11 mai 2022

Por Victor Marques

A Hotmart, startup famosa por sua plataforma de cursos online, anunciou o recebimento de um aporte de R$ 735 milhões. O investimento foi liderado pela TCV, fundo americano que investiu na Netflix e AirBnb. A gestora Alkeon Capital também participou da rodada. A Hotmart não divulgou seu valuation, mas afirmou que já superou a valorização de US$ 1 bilhão, marca necessária para ser considerada unicórnio.

A startup atingiu o status de unicórnio em março de 2020, quando adquiriu a Teachable, startup americana que facilitou a entrada da Hotmart no mercado americano. A empresa teve um começo tímido em 2011, quando foi fundada. Em 2013, por exemplo, faturou apenas R$ 182. Inicialmente, a plataforma oferecia uma maneira de vender apresentações, planilhas e arquivos de texto através da internet.

MERCADO

Embora pareça uma área óbvia hoje, dez anos atrás o negócio não era tão claro: a velocidade da internet, o consumo de vídeos e a popularidade de cursos online eram muito baixos até 2013, quando o cenário mudou e a startup aproveitou o momento para crescer.

Em 2021, após um ano que fez a procura por cursos e conteúdos online explodir, a Hotmart atingiu mais de US$ 1 bilhão em vendas através de sua plataforma e mais de 50 milhões de usuários em 185 países. O mercado global de aprendizado online deve movimentar, segundo previsão do Statista, US$ 370 bilhões em 2026, uma alta considerável dos US$ 101 bilhões movimentados em 2019.

João-Pedro-Resende-e-Mateus-Bicalho-fundadores-Hotmart

DIFERENCIAL

A grande sacada da plataforma foi possibilitar que pessoas comuns compartilhassem e monetizassem seu conhecimento, através de cursos online. A estratégia difere bastante de outras plataformas que focam em conhecimento compartilhado por celebridades, geralmente apoiados por grandes marcas.

Outra característica da plataforma é a inespecificidade: os conteúdos vão desde dicas sobre o mercado de ações, aulas de música, até conteúdos que orientam exercícios físicos para serem realizados em casa. 

CENÁRIO

Assim como aproveitou a alta do consumo de vídeos online em 2013, a Hotmart planeja surfar a onda de aprendizado online, impulsionada pela pandemia. Embora seja lugar comum para muitos, havia ainda uma grande resistência aos cursos online - a pandemia, no entanto, forçou uma grande parcela da população a ter experiências com o modelo e, inevitavelmente, muitos irão se adaptar e até mesmo preferir aprender virtualmente, mesmo no período pós-pandemia.

Pensando nessa influência, a Hotmart planeja utilizar o investimento em estratégias de crescimento e para expandir seu negócio. Além disso, o ritmo alto de crescimento também deve exigir investimento no desenvolvimento tecnológico da plataforma.

INTERNACIONALIZAÇÃO

A Hotmart também planeja utilizar uma parcela do investimento em sua expansão internacional. Apesar de já iniciada, – com sede na Holanda e 11 escritórios espalhados pelo mundo (Brasil, EUA, Espanha, México, Colômbia e França) – o investimento deve ser utilizado para consolidar sua presença nos mercados em que já atua, além de ingressar em novos. Para auxiliar na expansão, a startup também utiliza aquisições e fusões (M&A) em sua estratégia, somente em 2020 comprou três outras empresas: Wollo, Teachable e Klickpages.

ECONOMIA DA PAIXÃO

A Hotmart também aproveita uma outra tendência: a Economia da Paixão – que permite que pessoas comuns transformem suas habilidades em negócios. A essência dessa economia é dar liberdade aos indivíduos de trabalhar quando quiserem e onde quiserem – através de uma renda passiva que as liberta para buscarem suas paixões.

O modelo de trabalho freelance começou essa mudança, mas ainda era amarrado pela necessidade de participação ativa, consumindo tempo e prejudicando a escalabilidade. Com as plataformas online para compartilhar conhecimento, como a Hotmart, essas amarras foram removidas: os usuários podem produzir conteúdo que pode ser consumido o tempo todo, escalar seus negócios e ter uma renda passiva, já que após produzir o conteúdo, é possível lucrar indefinidamente com ele.

Como disse Steve Jobs, cofundador da Apple: "você não pode conectar os pontos olhando para frente; você pode somente conectá-los ao olhar para trás. Então, você deve acreditar que os pontos vão se conectar de alguma forma no futuro". Como dá para perceber, a startup acertou em cheio quando previu como os pontos iam se conectar no futuro. Dez anos antes, a startup acreditou que esse mercado tinha potencial e vem aproveitando todas as tendências que impulsionam o segmento. 


Assuntos relacionados

Abra sua cabeça para as novas oportunidades!

Cadastra-se e receba diariamente o resumo do que importa com a análise do time StartSe!

Leia o próximo artigo