Fintech

Imagem do último artigo número 1

Com a aquisição, a Neon irá oferecer as soluções da MEI Fácil no próprio aplicativo; fintech lançou contas digitais para MEI no fim do ano passado

Imagem do último artigo número 1

Segundo Alan Chusid, CEO da fintech, a partir de outubro, consumidores poderão quitar as compras online dando "OK" em um pop up do banco em que é correntista; varejista receberá o dinheiro na hora

Imagem do último artigo número 1

Fila de espera existia desde que a função foi lançada, há quase um ano

Imagem do último artigo número 1

A startup de empréstimos captou o valor através da emissão de títulos de dívida; valor é 10x maior do que o levantado no ano passado

Imagem do último artigo número 1

Parceria resultará em uma nova empresa, cujo nome não foi revelado, para oferecer o produto a microempreendedores

Imagem do último artigo número 1

A aquisição faz parte de um plano de expansão dos produtos da fintech, que passará a oferecer crédito consignado privado

Imagem do último artigo número 1

Um dos primeiros desafios de Choi é vencer a barreira linguística já que a fintech tem usuários no Vale do Silício e possui 13 mil pessoas na lista de espera, interessadas na assistente financeira

Imagem do último artigo número 1

Ao todo, a fintech captou R$ 1,3 bilhão em uma oferta com ações ordinárias e preferenciais; com o aporte, o Softbank passa a deter 10% do capital do banco

Imagem do último artigo número 1

Startup foi fundada em 2017 e possui base de usuários brasileiros que usam o aplicativo para proteger patrimônio e fazer transações em criptomoedas

Imagem do último artigo número 1

O capital será utilizado na expansão da fintech para o Brasil e EUA; a N26 oferece contas digitais pagas e gratuitas com foco em quem viaja com frequência