Professores serão substituídos por robôs até 2027? Expert da Universidade de Buckingham acredita que sim...

0
shares

Os educadores estão tendo muitas noites mal dormidas ultimamente.

E não é para pouco, afinal…

“Sim, robôs vão substituir professores até 2027.”

É o que diz Sir Anthony Seldon, expert em educação e vice-chanceler da Universidade de Buckingham.

 

"O impacto será massivo"

 

Provavelmente, essa ideia te assusta ou até mesmo soa absurda - principalmente se você é um educador.

Mas a verdade é que não há nada de absurdo nisso - e você já vai entender o porquê.  

De acordo com Seldon, daqui alguns anos, os atuais professores serão basicamente auxiliares dos robôs.

Montar equipamentos, ajudar os alunos quando necessário e manter a disciplina… serão basicamente essas as funções dos “professores humanóides”.

Enquanto isso, a posição de “injetar” conhecimento na mente das crianças será função única e exclusiva dos computadores dotados de inteligência artificial, vulgo robôs.

Neste momento, você provavelmente está pensando coisas como…

“Até parece! Um robô jamais teria a inteligência emocional necessária para compreender e saber lidar com seus alunos…”

“Isso é ridículo! Um robô jamais conseguiria personalizar o ensino e entender as dificuldades de aprendizado de cada um…”

Se você pensa assim, deveria ver o que o vice-chanceler da Universidade de Buckingham tem a dizer:  

“Com a inteligência artificial, todos terão a possibilidade de ter uma educação de escolas do mais alto nível. Todos poderão ter o melhor professor possível, totalmente personalizado, durante toda a sua jornada educacional. O software acompanha a velocidade de aprendizado do aluno. Isso vai além de qualquer outra coisa que já vimos na revolução industrial ou qualquer outra tecnologia. Essas máquinas se adaptam aos indivíduos. Elas vão escutar a voz dos alunos, decodificar suas expressões faciais e compreendê-los.”

E se você acha que a vantagem dos futuros professores-robôs se limita somente a um aprendizado de mais qualidade… você está enganado.

Sabe aquele professor inspirador que você teve no colégio ou na faculdade? Aquele que motivava a todos os alunos, que os desafiava e extraia o melhor de cada um?

Os androides serão perfeitamente capazes de fazer exatamente o mesmo… e de um jeito ainda melhor, na verdade.

“As máquinas serão extraordinariamente inspiradoras. Elas saberão exatamente o que mais alegra e motiva cada aluno e irão desafiá-los de uma maneira nem muito complicada e nem muito fácil, mas perfeitamente personalizada para cada indivíduo.”

Surpreso? Imagino que sim.

Mas, na verdade, não deveria ser surpresa nenhuma. Veja bem...

A inteligência artificial já ganha dos advogados em revisão de contratos.

"Os advogados levaram uma média de 92 minutos para finalizar o teste, enquanto a inteligência artificial LawGeex levou apenas 26 segundos."

 

Robôs já prescrevem tratamentos melhores do que médicos humanos.

"Estudo indica que robôs são melhores que médicos ao diagnosticar alguns tipos de câncer"

 

Se a tecnologia está revolucionando carreiras tão tradicionais… por que seria diferente com os professores?

Imagine o quão seria vantajoso para as escolas (e para os próprios alunos) ter um professor que…

  • Nunca fica doente
  • Nunca se atrasa
  • Nunca erra
  • É capaz de acompanhar as necessidades individuais de aprendizado
  • Não tem favoritismo por determinados alunos
  • Não faz piadas sem graças e nem conta histórias sobre o seu divórcio

 

Ok, brincadeiras à parte, o negócio é sério. Bem sério.

A tecnologia está revolucionando todos os setores da economia.

Mais de 70% dos estadunidenses temem que máquinas tomem seus empregos, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center.

Mas e os outros 30%?

Seriam os experts em robótica, responsáveis por construir as máquinas que irão (talvez) tomar o lugar dos professores?

Seriam especialistas em programação?

Ou seriam apenas tolos que também deveriam estar com medo de perderem seus empregos?

Na minha opinião, nenhuma das opções acima.

Os 30% restantes são aqueles que estão preparados para as mudanças da Nova Economia.

E acredite: nesses 30%, muitos professores estão inclusos…

Além de educadores, acadêmicos, empresários, donos de escolas, faculdades e até mesmo investidores do setor educacional.

Esses são os poucos profissionais que sempre terão cargos garantidos.

Tudo isso pelo simples fato de anteciparem os avanços tecnológicos e se adaptarem às novas mudanças.

E se você leu até aqui, você tem a chance de fazer parte desses 30% neste exato momento - já vou explicar como.

Mas antes, você precisa saber que o conteúdo que você leu aqui hoje não é nem mesmo a ponta do iceberg de inovações tecnológicas que já estão revolucionando o setor educacional.

Repare que eu não disse “inovações tecnológicas que vão mudar o setor educacional”. Eu disse que já estão mudando!

Essas tecnologias que parecem “ocultas” para nós já são realidade em diversos lugares.

Principalmente “nele”…

… o polo de inovação tecnológica…

… o lugar que está sempre 10 anos a frente do resto do mundo...

… o berço da 4ª revolução industrial…

… o Vale do Silício.

E é exatamente lá onde os profissionais mais atualizados e insubstituíveis buscam o conhecimento necessário para se dar ao luxo de não ter medo de máquinas tomando seus empregos....

Quão bom seria se você tivesse acesso em primeira mão às tecnologias que estão transformando definitivamente o setor educacional?

Quantos anos à frente você estaria dos profissionais que concorrem hoje com você?

Quantos anos você avançaria na sua carreira sabendo que poderia ter esse arsenal de conhecimento muito antes dele se tornar uma realidade no Brasil?

Tenho certeza que você entende o poder que isso te traria…

E se você não entende, pergunte-se:

Por que US$ 8,15 bilhões foram investidos em empresas EdTech nos primeiros 10 meses de 2017?

Seriam os investidores americanos malucos… ou… teriam encontrado ali uma oportunidade extremamente lucrativa neste nicho?

Você sabe a resposta.

E se você acha que obter esse conhecimento diretamente da fonte da inovação do Vale do Silício é apenas um sonho utópico e inalcançável… tenho uma notícia excelente para você.

Neste exato momento, você tem a oportunidade de fazer parte da “Missão EdTech”, uma imersão de 5 dias no núcleo mundial da inovação.

Você terá acesso a…

  • Palestras com as maiores mentes da inovação do sistema educacional 
  • Discussões e debates sobre o futuro do setor da educação e o que você deve fazer para se aproveitar dessa nova onda
  • Workshops imersivos para que você sinta toda a experiência do futuro das escolas e faculdades
  • Mentorias com profissionais referência em seus respectivos mercados e que irão te indicar o “caminho das pedras”
  • Visitas às empresas e universidades mais inovadoras do mundo, que irão contar todos os seus segredos para impactar a indústria da educação nos próximos anos
  • Networking com os melhores profissionais da sua área, criando oportunidades de novos negócios e parcerias

Mas… visto que queremos dar a maior atenção possível a cada um dos visitantes e proporcionar uma experiência única, essa oportunidade só está disponível para os próximos 20 profissionais que se inscreverem.

Essa é também uma maneira de filtrar os profissionais realmente interessados em investir em suas carreiras e dispensar os meros “curiosos”.

Para saber mais sobre a Missão EdTech, finalizar sua inscrição e ficar anos luz à frente dos profissionais que concorrem com você, clique aqui.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários