As competências da nova economia, segundo Andrea Iorio

Especialista em transformação digital de empresas e pessoas, Andrea Iorio concede entrevista exclusiva à StartSe

0
shares

Um dos principais desafios da nova economia é transformar a cultura de uma empresa tradicional para se adaptar ao mundo digital. Isto passa por mudar o mindset da equipe, traçando uma trilha de desenvolvimento pela qual as pessoas passam e atualizam suas capacidades. Neste universo se insere Andrea Iorio, executivo chefe da área de novas tecnologias da L’Oréal e investidor anjo. Ele é responsável pela transformação digital da multinacional no Brasil e está lançando, neste mês, o livro “6 competências para surfar na transformação digital” pela Editora Planeta.

Em entrevista exclusiva à StartSe, o italiano Andrea Iorio falou sobre os princípios da mudança de mindset em empresas e pessoas, suas experiências como diretor do Tinder no Brasil, as diferenças entre soft skills e hard skills e a importância do setor de recursos humanos nos processos de transformação das empresas. Veja, a seguir, os destaques da conversa.

Mindset digital

Segundo Andrea Iorio, a cultura digital é a cultura da agilidade de execução, do foco no cliente, da horizontalidade e das startups (que são empresas nativas do ambiente digital). Transformar o mindset para se alinhar a este contexto requer um treinamento estruturado, uma trilha de desenvolvimento pelo qual as pessoas têm de passar.

“Na prática, para adotar uma postura transformadora, é preciso explorar novas áreas do saber, se colocar em novas situações, conhecer pessoas diferentes, não escolher sempre o caminho mais fácil. Aí, é possível mudar a forma como se enxerga as coisas”, explica o executivo da L’Oréal. “É necessário uma ‘mentalidade de iniciante’: ser um aprendiz diante das novas tecnologias e dos novos desafios de mercado”.

Quer saber mais como as melhores empresas estão fazendo a transformação cultural por causa do digital, venha para o RH Day

Neste sentido, uma reorganização das áreas da empresa para squads multidisciplinares é essencial: promove a saída da zona de conforto e o compartilhamento de experiências entre pessoas que antes estavam distantes. Por isso, diz o executivo, o setor de recursos humanos tem papel fundamental na transformação do mindset da equipe. “O RH tem o enorme desafio de criar um contexto que atraia e retenha esses talentos que são diferentes dos anteriores. Afinal, você pode mudar a estrutura e implementar inovação no papel, mas se você não trouxer e manter novos talentos, de nada adianta”, afirma.

Não existe uma grande distinção entre transformar a cultura de uma empresa ou dos empregado, porque, na prática, a companhia é o coletivo de pessoas. No entanto, segundo Andrea, é balela acreditar que a transformação vem de baixo para cima: “Os líderes precisam estar alinhados, porque a tomada de decisão vem deles, como onde alocar investimentos e quando mudar modelo de negócio. É um assunto de liderança, mas que precisa ser cascateado e democratizado para o restante das pessoas”.

Competências da nova economia

No recém-lançado livro “6 competências para surfar na transformação digital”, Andrea elenca as principais capacidades para pessoas e empresas alinhadas com a nova economia. Elas são: flexibilidade cognitiva (capacidade de compreender diferentes áreas do conhecimento), execução inovadora (capacidade de prototipar de forma ágil), compreensão do comportamento humano (capacidade de ler e analisar outras pessoas e a si mesmo), pensamento crítico (capacidade de ir além do status quo) , crescimento sustentável (capacidade de se desenvolver agregando valor para si) e altruísmo digital (capacidade de priorizar o ser humano no centro do negócio).

“Essas seis competências aplicadas ao profissional e à cultura da empresa são o que eu vejo como próximo de uma receita possível para se transformar digitalmente”, afirma o autor. O que essas capacidades têm em comum? São soft skills. “Eu sou da opinião que pesam mais do que as hard skills, hoje em dia”, revela. No entanto, Andrea Iorio acredita que algumas capacidades técnicas serão cada vez mais importantes no futuro próximo: programação, ciência de dados, estatística, criação de conteúdo e storytelling.

Carreira multifacetada

Em suas experiências como diretor nacional do Tinder, chefe da área digital da L’Óreal e investidor-anjo em startups, Andrea Iorio encontrou cenários totalmente distintos para aplicar os mesmos conceitos. Em análise final, uma grande empresa nativa digital, uma multinacional tradicional e startups em fase inicial partilham das mesmas necessidades: agilidade, adaptabilidade, flexibilidade e horizontalidade.

Como investidor-anjo, Andrea relata que esteve em contato com dezenas de empreendedores. Para avaliar as startups com mais potencial, o produto – ou a ideia – é o menos importante. A prioridade é identificar se há, na equipe, as competências do contexto digital. Além disso, o italiano procura saber se os fundadores já fracassaram em outros empreendimentos, pois a capacidade de aprender com os erros e tentar novamente é mais positiva do que a de criar um produto interessante. Por último, ele analisa o mercado, porque pivotar o produto é mais factível do que pivotar o setor de atuação.

No Tinder, o desafio era mostrar ao consumidor que até a questão dos relacionamentos podem ser levadas ao ambiente digital. “Quando algo é muito transformador, a dificuldade é desmistificar o negócio e mostrar o impacto para o consumidor”, afirma Andrea. Para este fim, utilizou estratégias de marketing inovadoras, com participação de influencers, a fim de gerar um crescimento orgânico e viral em redes sociais.

Já em uma empresa estabelecida como é a L’Óreal, em que trabalha hoje, o objetivo é, de fato, implementar a cultura digital em que é especialista. “É um desafio de mindset: como incorporar e priorizar o digital, entendendo que não há mais distinção entre vender online e o offline. É preciso ter uma visão 360°”, finaliza Andrea Iorio.

Atualize-se em apenas 5 minutos


Receba diariamente nossas análises e sinta-se preparado para tomar as melhores decisões no seu dia a dia gratuitamente.

Comentários